domingo, agosto 30, 2009

Tertúlia BD de Lisboa - 301º Encontro - Ano XXIV - Convidado Especial: Ricardo Reis

Prancha da bd intitulada O Anticristo, realizada por Ricardo Reis (desenho) e André Oliveira (argumento), reproduzida originalmente no fanzine Efeméride (nº3 - Junho 2008)
Ricardo Reis vai ser o Convidado Especial (*) da Tertúlia BD de Lisboa, no seu 301º Encontro (Ano XXIV), dia 1 de Setembro - como sempre, na primeira 3ª feira do mês, e como, desde há vinte e quatro anos, no Parque Mayer.-----------------------------------------------------
RICARDO REIS

Ricardo Jorge Cortes Reis, 1983, Barreiro.
Desde cedo revelou apetência para o desenho e, naturalmente, acabou por adquirir o gosto por banda desenhada e ilustração (aliás, a BD é uma forma de ilustrar sequencialmente), o que o induziu a ingressar no Curso de Design de Comunicação da FBAUL - Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa, onde se encontra a frequentar o 3º ano, na condição de finalista em Setembro.
Ao longo do curso estabeleceu contacto com outros ilustradores e argumentistas e, em conjunto, criaram o Núcleo de Ilustração, Banda Desenhada e Argumento da FBAUL, de que é membro desde 2005. Foi também, nos anos de 2003 e 2004, membro do Núcleo de Banda Desenhada Blatz da Universidade de Lisboa.
Tem participado em exposições diversas desde 2006. Nesse ano (Out./Nov) Ricardo Reis esteve presente com ilustrações e bandas desenhadas naquela que foi organizada pelo Núcleo IMAGINArte, na galeria da Associação de Estudantes da FBAUL.
Em 2007 (Fev./Março) participou, de novo com o colectivo IMAGINArte, no tema "Dá-me vinho que a vida é nada - Um Olhar sobre Fernando Pessoa", também na galeria antes citada, exposição que se repetiria entre 13 de Julho e 20 de Setembro, na Casa Fernando Pessoa (Lisboa). Ainda em Setembro, colaborou no tema "Uma Ideia Genial", no XV Salão Internacional de Banda Desenhada de Viseu.
Em 2009 (9 a 11 de Maio) participou, como finalista (incluído num grupo de 23 concorrentes não distinguidos com qualquer dos três primeiros prémios), na exposição do Concurso Europeu de BD de 2009, sob o tema "União Europeia e Cidadania - A tua cidadania na Europa", organizada pela Comissão Europeia, em Bruxelas.
Também tem concorrido a concursos: 2007 foi a sua primeira vez, com a bd "Fratello" (não premiada), respeitante ao tema "O Gato", no XIV Concurso de BD e Cartoon de Moura; e obteve o 1º prémio no XV Salão Internacional de BD de Viseu, com a bd "Uma Ideia Genial", relacionada com o tema "Humor".
Em 2009 foi primeiro prémio nacional no Concurso "União Europeia e Cidadania".
Colaborações em publicações de BD:
2008 - O Anticristo - bd a cores, numa só prancha, publicada no fanzine Efeméride (nº 3-Jun.08), dedicado ao tema "Super-Homem no Século XXI";
2007 - Uma Ideia Genial - bd publicada na revista trimestral Anim'Arte (nº 65-Out./Dez.07);
O Convento do Barba Rosa - bd a cores, de prancha única, editada no semanário Mundo Universitário (nº 78-24 Set.07);
Reconhecimento e Respeito - bd reproduzida no nº 1 do fanzine Faixa 9 (Jul. 07);
Pietà - bd impressa na revista Underworld. Entulho Informativo (nº 22-Inverno 06/07). Estas bandas desenhadas foram feitas sob argumento de André Oliveira.
----------------------------------------------------
Quem tiver interesse em ver postagens anteriores com os respectivos Convidados Especiais e/ou Homenageados, e correspondentes sinteses biográficas, poderá fazê-lo clicando no item Tertúlia BD de Lisboa indicado no rodapé

segunda-feira, agosto 24, 2009

Banda Desenhada estrangeira nos jornais (II) Jornal i - Obra: Persépolis 2.0 - Autores: Marjane Satrapi, Payman e Sina



Estou no Algarve, não tencionava mexer no blogue durante duas semanas - até achava que o "post" que afixei, ainda em Lisboa, aguentava esse tempo de paragem, pelo interesse que poderá despertar nos bedéfilos visitantes.

Mas repentinamente deparou-se-me uma novidade que merece bem um sobressalto editorial nesta calma bloguística que me tinha autoconcedido.

Nada mais, nada menos , que a edição, no jornal i (hoje, 2ª feira, 24 de Agosto de 2009), das quatro pranchas iniciais da obra Persépolis 2.0, de Payman e Sina - utilizando os desenhos da novela gráfica homónima de Marjane Satrapi -, referentes às datas (do conteúdo da obra) de "Sexta-feira, 12 de Junho de 2009", "Sábado, 13 de Junho", "Domingo 14 de Junho", "Segunda, 15 de Junho".

Voltando ao tempo real, amanhã, 3ª feira, 25 de Agosto, será publicada a 2ª parte da versão portuguesa da obra, que hoje é apresentada nas páginas centrais do jornal, a preto e branco, de acordo com a versão original, com o seguinte texto (não assinado, portanto da responsabilidade do corpo redactorial do i), que reproduzo, com a devida vénia):
------------------------------------------------------------
"Marjane Satrapi criou a banda desenhada Persépolis para retratar o Irão durante a revolução Islâmica de 1979.
Agora, com a autorização da autora, surgiu na internet uma nova versão do livro que recorre às velhas ilustrações e acrescenta um novo texto sobre a disputa das eleições iranianas de Junho de 2009.
Payman e Sina, artistas nascidos no Irão e a residir em Xangai, são os autores do novo texto. Na sua página solicitam a tradução desta história no maior número possível de línguas. O i contribui com a versão portuguesa. (**)
A nova história de Persépolis retrata a repressão dos iranianos que protestaram nas ruas contra os resultados eleitorais. E termina com o assassinato de Neda Soltani, de 26 anos, em Teerão."
"Amanhã, leia no i a segunda parte desta história"
--------------------------------------------------------

(**) Merece os mais rasgados elogios esta iniciativa do jornal i, que se dispôs a corresponder ao pedido dos autores para que a curta versão de sua autoria seja traduzida no maior número possível de idiomas.

Mas não deixarei de lamentar alguma falta de cuidado nesta tradução portuguesa, para mais havendo no jornal i um categorizado especialista de BD, Cristóvão Gomes (que não tenho o prazer de conhecer), responsável pela rubrica BD, pequena coluna sempre publicada na página 4 da edição de 6ª feira.
Isto porque detectei as seguintes falhas:

1ª - Na 1ª vinheta referente a "Sexta-feira, 12 de Junho de 2009", na frase "Os resultados das eleições presidenciais não tem precedentes (...)", onde está "tem", deveria estar "têm", visto ser plural;

2ª - Na 1ª vinheta referente a "Sábado, 13 de Junho", a legenda do cartuxo inicial ficou incompleta. Veja-se:
"Pela manhã o ministro do Interior declara que Ahmadinejad é o vence" ("vencedor", sim, percebe-se, mas é gralha dispensável);
3ª - Na mesma vinheta, no último balão, o texto em português ficou ilegível - apenas se consegue ler "É fácil" -, por estar sobreposto ao original inglês ("Easy, if they already knew the results", pode ler-se no site de Payman e Sina *), o que demonstra falta de atenção na finalização.

E detesto a frase-chavão "O óptimo é inimigo do bom". 


P.S.- Levanto a hipótese (positiva) de ter sido Cristóvão Gomes o atento e feliz responsável pela iniciativa (e, claro, da autoria do texto de apresentação que acima reproduzo). 


E levanto também uma segunda hipótese (esta, negativa) de não lhe ter sido dado a ver o texto final das legendas reproduzido nas quatro pranchas de BD.

-------------------------------------------------------
(*) O sítio de Payman e Sina:
IRAN'S POST-ELECTION UPRISING: HOPES & FEARS REVEALED
http://www.spreadpersepolis.com/

sábado, agosto 15, 2009

Livros s/ Banda Desenhada - Os meus livros (V) - Krazy! The Delirious World of (...) Comics

Capa da obra Krazy! The Delirius World of Anime+Comics+Video Games+Art
Autor da ilustração: Daniel Clowes
----------------------------------------------------------------------------------
COMICS
Textos biográficos escritos por Seth e Art Spiegelman
Neste capítulo dedicado à BD, estão biografados, e devidamente representados por reproduções de pranchas de obras suas, os seguintes autores/artistas:
George Herriman, Harvey Kurtzman, Justin Green, Jerry Moriarty, Lynda Barry, Chris Ware, Kevin Huizenga, Seth
Prancha da série Krazy Kat, da autoria de George Herriman
Corpse on the Imjin, por Harvey Kutzman
Binky Brown meets the Holy Virgin Mary, pelo artista/"pecador" Justin Green
Mais uma prancha do artista excepcional Justin Green, na obra acima citada
Um autor/artista que me fascina é Chris Ware. Reproduzo apenas duas pranchas demonstrativas do seu singular talento, retiradas da obra Thanksgiving
------------------------------------------------------------------------------------
"GRAPHIC NOVELS" (as aspas foram postas pelos próprios articulistas)
Artigos escritos por Art Spiegelman e Seth
Curiosamente, as novelas gráficas estão separadas da Banda Desenhada (ou Comics), tratadas à parte neste capítulo, em que estão biografados os seguintes autores/artistas:
Milt Gross, Philip Guston, Art Spiegelman, Kim Deitch, Daniel Clowes, Chester Brown, Alison Bechdel, Shaun Tan
--------------------------------------------------------------------------------
ANIMATED CARTOONS
Textos biográficos escritos por Tim Johnson.
São por ele apresentados os seguintes cineastas realizadores de animated cartoons, ou seja, desenhos animados:
Winsor McCay, Lotte Reiniger, Ben Sharpsteen, Robert Cannon, Marv Newland, Nick Park, John Lasseter, Tim Johnson, Karey Kirkpatrick
Gertie the Dinosaur foi, na opinião de vários estudiosos, a primeira personagem dos desenhos animados (arte posteriormente baptizada por cinema de animação). O seu criador foi o notável artista, autor da personagem "Little Nemo" na Banda Desenhada, Winsor McCay
Uma storyboard (*) seguida das imagens finais do filme realizado pelo ilustrador e cineasta Nick Park, com o título de The Wrong Trousers
(*) Os jovens portugueses da BD gostam muito de dizer que fizeram uma storyboard para uma banda desenhada, talvez porque a expressão é mais sonante do que layout, que é a palavra inglesa aplicável à BD, sendo storyboard para os filmes. Pelo menos é assim que os ingleses, os inventores destas palavras, as definem.
-----------------------------------------------------------------------------
ANIME (pronuncie-se [animê]
Tema desenvolvido por Toshiya Ueno e Kiyoshi Kusumi
Estão representados neste capítulo, dedicado ao animê, os seguintes autores/cineastas:
Ichiro Itano, Katsuhiro Otomo, Mamoru Oshi, Yoko Kanno, Masaaki Yuhasa, Makoto Shinkai, Satoshi Kon
Imagens do filme japonês de animação intitulado Paprika, de Satoshi Kon
-----------------------------------------------------------------------------
MANGA (pronuncie-se [mangá])
Capítulo escrito por Kiyoshi Kusumi e Toshiya Ueno
Autores/Artistas representados neste capítulo:
Hisashi Eguchi, Mamoru Nagano, Taiyo Matsumoto, Junko Mizuno, Takashi Okazaki, Moyoco Anno, Yuichi Yokoyama,Hitoshi Odajima

Prancha de Taiyo Matsumoto
--------------------------------------------------------------------------------
VISUAL ART
Artigo escrito por Bruce Grenville
Artistas apresentados neste capítulo:
Roy Lichtenstein, Claes Oldenburg, Marcel Broodthaers, Raymond Pettibon, Pierre Huyghe, Philippe Parreno, Cao Fei, Chiho Aoshima, Christian Marclay, MT
Pintura de Roy Lichtenstein "Vicki! I...I Thought I Heard Your Voice! (1964)
Composição de Christian Marclay, intitulada Onomatopeia 2006 - Artigo de Bruce Grenville

Tenho bem mais do que uma centena de livros sobre Banda Desenhada, entre enciclopédias, dicionários, monografias, Histórias da BD, ensaios de crítica, estudos acerca de temas diversos, livros sobre técnicas gráficas e linguagem da banda desenhada, e de ensinar a fazer (como se escreve um argumento, como se passa a guião, como se desenha), livros de estudo sobre personagens e séries, uma infinidade de temas.
Todavia, estou agora a escrever apenas pela 5ª vez acerca de um dos meus livros. Isto devido ao facto de focar numerosos outros temas, provocando a situação de vários deles ficarem sem ser mexidos bastante tempo, como, por exemplo, tem acontecido com esta rubrica.
E surge uma outra situação, algo injusta: acabo por me decidir a escrever sobre um livro que comprei a semana passada, que foi editado o ano passado, quando em casa tenho muito bons livros, alguns já com razoável antiguidade (30 anos, por exemplo, é uma boa idade para um livro), de que gosto, mas que vão ficando à espera de oportunidade de que eu fale deles.
É a vida... Até os livros são vítimas de injustiça!
Mas vamos lá consumá-la, os meus caros visitantes do blogue a interessar-se (eventualmente) por um livro editado em 2008, e eu a passá-lo à frente dos tais outros que me olham com algum azedume do alto das prateleiras.
Falo então da minha mais recente aquisição livresca, feita numa livraria antiga, mas que mudou recentemente de poiso - a Buchholz - e que localizei, por mero acaso, no Largo Rafael Bordalo Pinheiro, Lisboa, sua nova morada.
Claro que a minha curiosidade inicial foi ver onde é que os livros e/ou álbuns de BD estavam colocados. E nessa rápida "vista de olhos" (que frase tão curiosa esta que agora me ocorreu) , dei com eles num livro volumoso, este Krazy! que, de imediato, me interessou, pelo conteúdo e pelo excelente aspecto gráfico.
-------------------------------------------------
Krazy! The Delirious World of Anime+Comics+Video Games Art
Autor: Bruce Grenville et al (Tim Johnson, Kiyoshi Kusum, Seth, Art Spiegelman, Toshiya Ueno and Will Wright
Edição de University of California Press (www.ucpress.edu)

e
Vancouver Artgallery (www.vanartgallery..bc.ca)
Impresso e encadernado no Canadá, em papel isento de ácido
Dim. 18,3x25cm alt.
Capa e contracapa a cores + 276 págs. com reproduções a p/b e em quadricromia
Data da edição: 2008
--------------------------------------------------
Na listagem abaixo indicada podem ver-se quais os livros e autores registados anteriormente.
Mas para os ver, será necessário clicar no item Livros sobre Banda Desenhada, inserida no rodapé do presente "post".

(IV) - Dez. 22 - Foster e Val - por Manuel Caldas

(III) - Dez. 21 - Foster e Val - Os trabalhos e os dias do Criador de Prince Valiant, por Manuel Caldas

(II) -Junho 9 - Dicionário Zinho-Autor: A.J.Ferreira

2006

(I) - Set. 29 - Roteiro Breve da BD em Portugal-Autor: Carlos Pessoa

2005 (daqui para cima)

sábado, agosto 08, 2009

Castelos na Banda Desenhada (XXVII) - Moura


Em cima: Duas imagens (vinheta e página completa) por Eugénio Silva
 

Em cima: Duas imagens (vinheta e página completa) por José Antunes

 

Em cima: Duas imagens (vinheta e página completa) por José Garcês

 

Em cima: Duas imagens (vinheta e página completa) por Augusto Trigo

 
Em cma: Duas imagens (pormenor e página completa) por José Ruy
  Em cima: Duas imagens (pormenor e página completa) por José Pires

...........................................................................................................

Já aqui foquei o álbum Salúquia. A Lenda de Moura em Banda Desenhada (autores vários), que coloquei na categoria (coluna da esquerda) de "Álbuns de Banda Desenhada imprevisíveis e difíceis de obter". 
Como se trata de uma série de episódios - todos eles dedicados ao tema da lenda mourense que fala da moura que se sacrificou em defesa da sua honra, atirando-se do alto da torre do castelo de Moura -, isso deu azo a uma série de imagens daquele castelo, que eu não poderia deixar de aproveitar, embora parcialmente (escolhi os que considerei mais fidedignos da imagem do que é e do que terá sido aquele bastião, outrora mourisco ), para esta rubrica "Castelos na Banda Desenhada". 

..................................................................................


Castelos na Banda Desenhada é um tema criado neste blogue em Novembro de 2005. Os 26 "posts" anteriores podem ser vistos clicando no título indicado no rodapé deste poste. 

Datas de publicação e nomes dos desenhadores: 
(XXVI) Junho 30 - Monção - Desenhadores: Sara Coelho, Rui Alves 
(XXV) Maio 1 - Tomar - Desenhador: Ricardo Cabrita 
(XXIV) Abril 3 - Fictício - Desenhador: Vicomte 
 2009 - Daqui para cima 

(XXIII) Abril 11 - Fictício - Desenhador: Horacio Lalia 
2008 - Daqui para cima 

(XXII) Agosto 25 - Fictício - Desenhador: Civiello 
(XXI) Julho 5 - Almourol - Desenhador: Ricardo Cabrita 
(XX) Junho 25 - Fictício - Desenhador: Hergé 
(XIX) Junho 10 - Fictício - Desenhador: Tanquerelle 
(XVIII) - Maio 17 - Silves - Desenhador: José Garcês 
(XVII) - Abril 7 - Fictício - Desenhador: Coq 
2007 - Daqui para cima 

(XVI) Dez. 13 - Fictício - Desenhador: Richard Felton Outcault 
(XV) Nov. 16 - Lisboa - Desenhador: Artur Correia 
(XIV) Out. 4 - Santarém - Desenhador: Pedro Massano 
(XIII) Agosto, 14 - Monsanto - Desenhadora: Andreia Rechena 
(XII) Agosto, 4 - Fictício - Desenhador: Carlos Roque 
(XI) Julho, 13 - Sabugal - Desenhador: Manuel Morgado 
(X) Julho, 7 - Fictício - Desenhador: Bilal 
(IX) Maio, 26 - Fictício - Desenhador: Walter Booth 
(VIII) Abril 20 - Almada - Desenhador: Victor Borges 
(VII) Fev.10 - Fictício - Desenhador: F. de Felipe 
(VI) Jan.18- Fictício -Desenhador: Moebius 
(V) Jan.06- Fictício - Desenhador: José Morim 
2006 (Daqui para cima) 

(IV) Dez.22- Fictício - Desenhador: Harold Foster 
(III) Nov.17 - Trancoso - Desenhador: Santos Costa 
(II) Nov.10 - Faro - Desenhador: José Garcês 
(I) Nov.7 - Fictício - Desenhador: António Vaz Pereira 
2005 (Daqui para cima)

quarta-feira, agosto 05, 2009

Comic Jam - 12ª prancha

Clicar sobre a imagem para ampliar

Os visitantes habituais deste blogue, mais os participantes - fixos e eventuais - da Tertúlia BD de Lisboa, todos eles tomaram já contacto com esta iniciativa, em que participam mensalmente seis autores/ilustradores de banda desenhada, que criam, aleatoriamente, uma sequência de acaso, visto não haver argumento prévio.

Nesta prancha, os participantes foram os seguintes:

1- Miguel Carneiro, Convidado Especial da Tertúlia BD de Lisboa, no seu 300º Encontro.
Como sempre tem acontecido, o Convidado Especial é quem inicia a sequência do Comic Jam, criando a primeira vinheta.

2 - José Abrantes
3 - Hugo Teixeira
4 - Machado-Dias
5 - Filipe Duarte
6 - Ricardo Cabrita
.............................................................................
O fanzine Comic Jam nº 1, após a sua edição mensal neste blogue, foi agora editado em papel, e pode ser visto na totalidade no meu outro blogue http://fanzinesdebandadesenhada.blogspot.com/
-----------------------------------------------------------------
Para ver as anteriores pranchas basta clicar no título Comic Jam visível no rodapé deste "post".

sábado, agosto 01, 2009

Tertúlia BD de Lisboa -300º Encontro - 4 Agosto- -XXIV Ano - Convidado Especial: Miguel Carneiro




Três composições da autoria de Miguel Carneiro

Convidado Especial
do 300º Encontro da Tertúlia BD de Lisboa
MIGUEL CARNEIRO

Miguel Borges Carneiro (Porto, 1980) obteve a sua licenciatura em Artes Plásticas-Pintura, na Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto-FBAUP (entre 1998 e 2004).
Nesse último ano de faculdade conheceu Marco Mendes, tendo ambos fundado o colectivo editorial e artístico "A Mula", com a finalidade de cruzarem sinergias entre os diferentes quadrantes ligados à Banda Desenhada, à Ilustração, às Artes Plásticas e à edição independente.
Mas já antes, no período de estudos universitários, se manifestara em Miguel Carneiro o interesse pela ilustração e pela banda desenhada, bem como pelas artes gráficas em geral, tendo passado à prática em fanzines de amigos.

A experiência entusiasmou-o de tal forma que passou ele próprio a editar, e daí resultaram os fanzines Ex-Man, Bom Apetite (este em dupla com o seu amigo João Marçal), Paint Sucks, Hum! Estou a ver..., Lamb-Häert, Estou Careca e a Minha Cadela Vai Morrer, Cospe Aqui, e o bem recente Qu'Inferno (este em edição de "A Mula", onde voltou a aparecer o "Senhor Pinhão", o qual, juntamente com o Sr. Frango representam personagens emblemáticas da sua galeria de criativo em registo "underground".
Toda esta actividade foi já distinguida com o Grande Prémio de Desenho (A Mula & Senhorio, Porto, 2007).
Miguel Carneiro tem exercido actividade de docente nas Unidades Curriculares de Projecto II, Processos e Métodos de BD, e Desenvolvimento de Personagens, no Curso Superior de Banda Desenhada e Ilustração da Escola Superior Artística do Porto - polo de Guimarães, entre 2006 e o corrente ano de 2009.
Como não poderia deixar de ser, desenvolve actividade na blogosfera, nos espaços virtuais com os seguintes endereços:
http://osgajosdamula.blogspot.com/
http://senhorpinhao.blogspot.com/ (em especial este blogue, dedicado à sua personagem mais emblemática, Monsieur Pignon :-) mostra numerosas bandas desenhadas bem demonstrativas do espírito e da estética que enformam o seu universo de substancial criatividade.

Nota: Miguel Carneiro vem de propósito do Porto a fim de ser o Convidado Especial da Tertúlia BD de Lisboa
-----------------------------------------------------------
Quem tiver interesse em ver postagens anteriores com os respectvos Convidados Especiais e/ou Homenageados, e correspondentes sinteses biográficas, poderá fazê-lo clicando no item Tertúlia BD de Lisboa indicado no rodapé