sábado, julho 28, 2007

Televisão e BD (I) - VER BD na TV - 29 Julho, 13h30

29 de Julho de 2007, Domingo, às 13 horas e 30 minutos, data e hora históricas para a lusitana banda desenhada. Será exactamente (se o horário for cumprido...) nesse momento que, finalmente, a nossa BD vai ter direito a programa de fundo na televisão, através de um conjunto de cinco episódios na Rádio-Televisão Portuguesa (RTP2), sob o título VERBD.

Pedro Vieira de Moura, bloguista brilhante do espaço de escrita crítica LERBD -http://www.lerbd.blogspot.com/, que aqui destaquei recentemente (ver "post" de Julho, 25) está na génese desta quase inacreditável iniciativa - digo inacreditável atendendo à empedernida estagnação nesta área, provocada pela relutância dos média (TV e Rádio) nacionais no que concerne a darem espaço à BD.

O programa, que será transmitido pela RTP2, logo a seguir a The Simpsons, tornou-se possível graças ao trabalho de equipa realizado pelo duo Pedro Vieira Moura, entrevistador, e Paulo Seabra, realizador.

No episódio inicial, a transmitir em 29 de Julho (seguir-se-ão mais quatro nos domingos de Agosto), será feita breve apresentação de onze autores: Filipe Abranches, Isabel Carvalho, Diniz Conefrey, José Carlos Fernandes, António Jorge Gonçalves, Luís Henriques, André Lemos, Susa Monteiro, Pedro Nora, Miguel Rocha e David Soares. Além disso, será traçada uma perspectiva da história da Banda Desenhada em Portugal, desde meados do século XIX (com o pioneiro português das histórias aos quadradinhos, Raphael Bordallo Pinheiro, através do seu álbum A Pitoresca Viagem do Imperador do Rasilb pela Europa), até à Tintin, revista que, na versão portuguesa, foi marcante no panorama das publicações da especialidade.

Em suma: uma pedrada no charco (perdoe-se-me o chavão, mas não resisto a repeti-lo, com grande entusiasmo) é o que significará este quintíptico televisivo dedicado à banda desenhada.

Saravá Moura & Seabra!

Informação "a posteriori" - O programa foi repetido às 2h00 na madrugada de domingo para segunda-feira. Depreende-se que o mesmo sucederá após os próximos quatro programas nos domingos de Agosto.

4 comentários:

Flashfinger disse...

Caro Geraldes Lino,
Obrigado por estas palavras todas. Vamos ver se será pedrada no charco ou no pé, que os eternos insatisfeitos têm sempre algo a apontar... Uma coisa, sendo cinco episódios, deve ser um "quintíptico", não?
abraços
pedro moura

Geraldes Lino disse...

Tem toda a razão. Inicialmente eu pensava que eram quatro episódios. Posteriormente apercebi-me que era esta primeiro deste mês, e mais quatro, mas esqueci-me de emendar. Agradeço a correcção.

Geraldes Lino disse...

Mais uma correcção: "apercebi-me que este episódio, neste mês, era o primeiro, seguindo-se mais quatro".
Vou emendar.

Anónimo disse...

Parabéns à equipa de produção da série. É sempre de saudar toda a iniciativa de qualidade em torno da Banda Desenhada, e sobretudo se em torno da BD portuguesa.
Uma dúvida apenas: Quem são Luís Henriques e André Lemos? São autores de BD?
Abraços a todos
JM