domingo, maio 04, 2014

Tertúlia BD de Lisboa - 359º Encontro





A Tertúlia BD de Lisboa mantém-se atenta aos valores emergentes da BD portuguesa, daí que,muitojustamente, José Smith Vargas seja o seu Convidado Especial no próximo encontro de 6 de Maio.

Como passou a acontecer desde o início do corrente ano de 2014, a TBDL realiza-se agora na Casa do Alentejo em Lisboa.


Foto do restaurante da Casa do Alentejo onde decorreu o encontro de 6 Maio 2014 No primeiro plano vêem-se Carlos Moreno (de pé), José Smith Vargas (o Convidado Especial) a desenhar, este blóguer (inclinado sobre a mesa, e a cabeça parcialmente cortada, vá-se lá saber porquê) e a Andreia Rechena ("Dona Zarzanga") também a desenhar.
.........................................................................................

José Smith Vargas

Síntese biobibliográfica

José Smith Vargas, Lisboa, 1981


Formou-se na Escola Superior de Arte e Design das Caldas da Rainha.
Ilustrador, muralista, designer, autor e leitor de banda desenhada. 

Publicou BD e ilustração em edições da Associação Chili com Carne, na Revista Buraco e em inúmeras outras publicações, jornais, fanzines, blogues, etc.. 

Fez cartazes, designadamente para o Concurso de BD da Associação Cultural Alagamares, de Sintra.
Naquela associação dirigiu uma oficina de BD em quatro sessões, destinada a principiantes (apresentada pelo cartaz afixado aqui ao lado).


Dos seus projectos de BD em curso destaca-se a adaptação de textos de Raul Brandão na série "O Fígado da República"; de crónicas sobre a requalificação do bairro da Mouraria; e "As Aventuras de Mário, o Trovador".

Tem tentado levar a influência da BD para outros territórios visuais como cartazes e capas de discos, ultrapassando a natureza sintética e aglomeradora da ilustração, antes explorando instantâneos de sequências, de narrativas inexistentes.

Nas influências, a sua referência principal em termos de autores é a BD franco-belga (clássica e contemporânea):

Edgar P. Jacobs, Jacques Martin, Franquin, François Bourgeon, Jacques Tardi, Christophe Blain, David B., Joann Sfar...

Depois há Pratt, Muñoz, Prado, Bilal, o português Relvas... 

Quanto a personagens, as preferidas vêm da escola autobiográfica americana: Harvey Pekar e Joe Sacco. Autores que se representam nas suas histórias.. No caso de Pekar, escrito por ele e desenhado por outros. 

Em relação a Mário "o trovador", bd em preparação, baseia-se num cantautor e músico de rua, iniciando assim uma série onde traça pequenos retratos da vida e ilustra alguns temas das canções do seu amigo.

(*) Os seus espaços na internet:
josesmithvargas.blogspot.pt
www.behance.net/josesmithvargas


Duas outras bandas desenhadas de José Smith Vargas podem ser visionadas em: 

http://divulgandobd.blogspot.pt/search/label/Jos%C3%A9%20Smith%20Vargas

http://divulgandobd.blogspot.pt/search/label/Curtas%20de%20BD%20%28Autores%20portugueses%29 

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Tertulianos que marcaram presença em mais um encontro da TBDL
Lista de participantes fornecida por Inês Ramos, elemento do quarteto [fantástico] que desde Julho de 2013 dirige a TBDL, e aqui acrescentada "a posteriori"

1. Álvaro
2. Ana Saúde
3. Ana Vidazinha 
4. Andreia Rechena
5. António Isidro
6. Filipe Duarte
7. Gabriel Martins
8. Geraldes Lino
9. Helder Jotta
10. Hugo Moreira
11. Hugo Teixeira
12. Hugo Tiago
13. Inês Ramos
14. João Vidigal
15. José Abrantes
16. José Lopes
17. José Smith Vargas
18. Manuel Valente
19. Miguel Costa Ferreira
20. Miguel Matos
21. Moreno
22. Paulo Costa 
23. Policarpo
24. Rui Domingues
25. Sá-Chaves
26. Simões dos Santos
27. Sónia Oliveira
28. Victor Jesus
29. Vilela 
30.Vítor Nascimento 

------------------------------------------------------------------
Os visitantes interessados em ver as anteriores postagens deste tema poderão fazê-lo clicando no item Tertúlia BD de Lisboa incluído em rodapé 

Sem comentários: