quarta-feira, abril 02, 2008

Cenários urbanos reais ou imaginários na BD (IV) - Autor: Gradimir Smudja

Van Gogh, Toulouse-Lautrec, Monet, Degas, Rembrandt, Delacroix, Picasso, e algumas das suas pinturas mais facilmente reconhecíveis, surgem ao longo desta magnífica obra, onde eles funcionam como personagens de banda desenhada.

O insólito, nesta original peça de BD concebida e realizada por Gradimir Smudja, é que o verdadeiro pintor é um gato (*), Vincent de seu nome próprio, e Vincent Van Gogh assume lugar secundário nesta obra delirante, de notável qualidade pictórica. Ou não tivesse ela, como fulcro, grandes mestres pintores e algumas das suas obras mais representativas.

(*) À atenção da minha amiga Inês Ramos, gatófila assumida: chamo-te a atenção para o Vincent, um felino ecléctico, talentoso, amigo de Van Gogh, mas, acima de tudo, engraçadíssimo e muito bem desenhado. 
Digno, pois, de aparecer no teu blogue
 
http://queridos-gatos.blogspot.com/  

------------------------------------


Postagens anteriores dedicados a este tema:

(III) Jan. 30 - Autor: Katsuhiro Otomo
(II) Jan. 13 - Autores: Genetta e Zander (desenho), Peter Hogan (arg.), Art Lyon (coloração)
2008 (daqui para cima)

(I) Set. 9 - Autor: Jiro Taniguchi
2006 (daqui para cima)

12 comentários:

Diana Amaral disse...

Parabéns pelo blogue, é muito interessante.

Geraldes Lino disse...

Agradeço à desconhecida Diana Amaral o elogio.
Fique bem. E quando voltar a visitar este blogue, dê sinal de novo.
Saudações bedéfilas.

Bongop disse...

Epá ! Grande imagem !

Luís Graça disse...

Acentuado arrefecimento nocturno do primeiro para o segundo álbum do Gradimir, mas dada a excelência do primeiro...perdoa-se!
O primeiro ainda teve edição portuguesa da Witloof.

Geraldes Lino disse...

É pá! (à portuguesa), bongop, agradeço o entusiasmo pelo "post". Às vezes, por força do tema, posso abrilhantar o blogue. Mas o mérito tem de ser creditado ao autor-artista Gradimir Smudja.
Uns "posts" antes, a 17 de Março, tb afixei uma vinheta de notável qualidade, dedicada ao tema "Estética e convenções gráficas da BD". Viu?

Geraldes Lino disse...

Viva Luís Graça
Já andava a estranhar a tua ausência no espaço dos comentadores.
Abraço e saudações bedéfilas.

Luís Graça disse...

Caro Lino:
Isto é por fases, por temperatura no quarto, por tempo que os blogues levam a abrir.
Grande abraço.
Também nunca andei tão afastado das livrarias.
E nunca falhei tanta coisa ao fim da tarde. Para a Tertúlia de 1 de Abril, fui para o duche...às 22h30m da noite e já desisti.

Pedro Couto disse...

Está a faltar ali nas categorias "Banda Desenhada Portuguesa na Internet" :)

Parabéns pelo blog

Geraldes Lino disse...

Caro visitante Pedro Couto: antes de mais, agradeço o elogio. Quanto à sugestão que dá, já alguém, em tempos, me sugeriu isso (terá sido você?). Mas há aqui dois problemas.
Um: neste meu blogue abarco tantos subtemas da BD (bd nos jornais, bd nas revistas, bd nos fanzines, picado e contrapicado, paisagens urbanas, o autor de bd dentro da própria bd, etc.) que, para os tratar a todos com mais frequência, teria de postar todos os dias. E a experiência de três anos diz-me que, se o fizesse, estaria a trabalhar quase em vão, porque quem visita um blogue, geralmente apenas vê os "posts" mais recentes, não se dá ao trabalho de ir clicar no arquivo para ver os anteriores, os que deixaram de estar visíveis.
Este é o primeiro e mais forte ponto negativo.
O segundo tem a ver com o facto de eu considerar que, ao reproduzir imagens visíveis noutros blogues, estaria a "chover no molhado", ou seja, estaria a mostrar o que outros já mostraram.
O que acha?

Pedro Couto disse...

Fui eu mesmo que fiz a sugestão na altura de lançamento do meu site e peço desculpa pela insistência desta vez em forma de comentário.

Compreendo perfeitamente essas razões e acho que são válidas. Mas comentei este post achando que estava a comentar o mais recente (do Van Dog). Por casos como estes vê-se que na internet também se podem fazer coisas engraçadas e que trabalhar para passá-las para um formato em papel é uma iniciativa muito positiva.

Mas ninguém quer trabalhar em vão e é legítimo que pense da maneira como pensa. Os arquivos costumam ficar demasiado quietinhos.

Discordo quanto ao "chover no molhado" uma vez que mesmo reproduzindo imagens de outros locais, estaria a ser cumprida a missão de divulgação que intitula o próprio blog.

Abraço :)

Geraldes Lino disse...

Mas afinal, Pedro Couto, qual é o seu "site"? E como visita este meu blogue ligado à banda desenhada, o seu sítio tb é de BD?

Pedro Couto disse...

O meu site: www.acefalos.com

É um projecto recente de amigos que pretendo ir mantendo enquanto for possível.

Espero que gostem :)