sábado, novembro 22, 2008

Fernando Pessoa na Banda Desenhada... e não só (IX) - Anúncio desenhado por Jorge Colombo

A imagem de Fernando Pessoa na Publicidade
----------------------------------------------------------------------

Percebe-se bem por este subtítulo: o que está em causa não é dissertar acerca da passagem de Fernando Pessoa como publicitário, onde teve, pelo menos, uma frase de génio relacionada com um refrigerante, "primeiro estranha-se, depois entranha-se".

A intenção é, tão-somente, mostrar a estupenda e engraçadíssima ilustração, visível no topo desta postagem, e dar os parabéns ao respectivo desenhador, que nem sei quem seja (*), de um anúncio reproduzido no jornal Público.

Em tempo: "Passe a publicidade", como se costuma dizer nestes casos, para afastar suspeitas de possível interesse económico no assunto por parte deste bloguista.

(*) Hoje, dia 24, isto já não é verdade. Ou seja: já sei quem foi o autor daquela tão engraçada ilustração: Jorge Colombo. E, por conseguinte, também já alterei o título.
Não resisto a contar que, há duas semanas, estava eu no Chiado, e encontrei o Jorge Colombo, que vive nos Estados Unidos, mas esteve em Portugal uns dias. 
Como ele estava acompanhado, a conversa foi breve, mas amistosa. Mal sabia eu que iria ficar encantado com esta pequena ilustração, e que viria a descobrir ser ele o autor, por informação obtida na Casa Fernando Pessoa...............................................................................................
Para ver postagens anteriores basta clicar no item mostrado em rodapé, onde se vê o título da etiqueta Fernando Pessoa na Banda Desenhada

3 comentários:

teresa disse...

näo que o jorge colombo näo tenha talento mas a imagem é um bocado frouxa até parece saída de um album do tintin com as roupas do tournessol

Felizardo Cartoon disse...

O irmão dele ( Vasco Colombo ),foi meu colega na faculdade de Belas Artes da U. Do Porto e cedo manifestou grande interesse pela B.D. Tinha nessa altura (1988, salvo o erro ) uma prancha semanal, cujo enredo tinha continuidade, no extinto Jornal " O sete " .

Um dos personagens desta história sequencial, era o nosso afamado e odiado professor de Geometria Descritiva, de seu nome Ataíde, mas que alguém se apressou a colocar a alcunha de Ataúde, pois " chumbava" 90% dos alunos que caíam na teia das suas aulas .

Abraço !

Geraldes Lino disse...

Olha se na época houvesse avaliação de professores pelos alunos... A vingança desses 90% de alunos chumbados seria terrível :-)