segunda-feira, setembro 28, 2009

Acordo Ortográfico na Banda Desenhada e afins (II) - Tiras de BD e uma participação (involuntária?) do cartunista Cid





Estas tiras de banda desenhada, da rubrica "Pancada Central", foram publicadas no jornal desportivo Record, nas datas indicadas

Em todas elas, há uma ou mais palavras sem a consoante muda, já a respeitar o novo Acordo Ortográfico
(clique-lhes em cima para as ampliar).

Já o disse no primeiro "post" deste tema "Acordo Ortográfico na Banda Desenhada e afins": o jornal diário desportivo Record está a usar em todos os seus textos, incluindo num cartune fotográfico e nestas tiras de banda desenhada, desde o princípio do ano de 2009, as regras do novo Acordo Ortográfico (com efeito, já homologado pelo Presidente da República).
Também sublinhei o facto de ter falado com leitores habituais deste jornal (eu não era, mas, por causa da BD com nova ortografia, rendi-me), e nenhum deles tinha reparado nas alterações ortográficas!
Nestas tiras, em todas elas, há uma ou mais palavras sem a consoante muda, ou seja, estão escritas tal como são pronunciadas pelos falantes portugueses, que é a norma seguida pelo Acordo.
De facto, neste pacto ortográfico, estas palavras que por aqui aparecem sem a consoante muda, continuarão a escrever-se assim quando todas as publicações, incluindo livros escolares, puserem em prática o acordo, coisa que, por agora, apenas está em vigor no jornal Record (passe a publicidade!).



in semanário SOL - 19 Junho 09

Neste caso é num cartoon do cartoonist (em português, cartunista) Cid, que se encontra "O colecionador de urnas" em vez de "(...)coleccionador(...)", portanto, já sem a consoante muda, como irá ser escrita a palavra segundo o Acordo Ortográfico. Significará isto que Cid o apoia? Ou simples distracção ortográfica?
Uma coisa é certa: a língua portuguesa é, de facto, muito traiçoeira!

5 comentários:

Bongop disse...

Olá Geraldes Lino
O post que disse que ia fazer sobre o meu irmão, Jorge Amado, já está on-line. Podes ver outros desenhos que não conhecias dele, além de quadros a óleo.

Desculpa o off-topic.

Abraço

paulo brito disse...

Irei escrever sempre como aprendi. Passados que são 34 anos não vou ir em histórias de acordos. É-me irrelevante.

Renato Sousa disse...

Boas, só para divulgar o blogue http://putchybaby.blogspot.com/ .

Cumprimentos

Geraldes Lino disse...

Viva Bongop
Já visitei o teu blog, li o emocianado texto e vi as imagens de obras do teu falecido irmão Jorge Amado.
Tentei deixar um comentário, mas, decerto por deficiência minha (julgo que por ter ultrapassado o limite de caracteres), o comentário não ficou.
Abraço.
GL

Geraldes Lino disse...

Respeitando o que disse, Paulo Brito, não deixo de lhe chamar a atenção para o facto de o cartunista Cid provavelmente também dizer que irá sempre escrever como aprendeu, e deve ter aprendido a escrever "coleccionador", mas, devido às dúvidas que às vezes surgem a quem escreve, ter-se enganado (digo eu) e ter escrito "colecionador"...