quarta-feira, março 07, 2012

Festivais, Salões BD e afins - (Porto) MAB Invicta - 1º fim-de-semana - 10/11 Março



Um novo evento dedicado à BD nasce no Porto, em 10 de Março de 2012, sob o título de Festival Internacional de Multimédia, Artes e Banda Desenhada - MAB Invicta.

Mais concretamente, no que concerne a datas, o festival portuense realizar-se-á em dois fins-de-semana consecutivos - dias 10 e 11, Sábado e Domingo, e 17 e 18, também Sábado e Domingo -, o que é, convém justamente reconhecer, uma forma bastante original, além de constituir uma estratégia pragmática de ultrapassar as dificuldades económicas actuais. 

Merece igualmente que se sublinhe a ideia invulgar e inédita em Portugal de se utilizarem instalações universitárias para a realização deste festival. Com efeito, o espaço central do MAB Invicta é a Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto (imagem acima).

Há ainda mais um espaço complementar para diferentes itens do programa do MAB Invicta: a Casa Viva.


Outro dos aspectos que justifica realce é o abandono dos dias de semana para o decurso das actividades,  que costumam ser "tempos mortos", digamos assim, nos restantes eventos bedéfilos portugueses, optando por privilegiar apenas os fins-de-semana, especialmente acessíveis à grande maioria da população.

Este novel festival vai incidir não só sobre banda desenhada, mas também inclui cinema - dos filmes "normais" aos de animação -, ilustração e literatura, tal como dá a entender o titulo ambicioso com que se apresenta.

Tem como entidade organizadora a Livraria Indie Arts, essencialmente dedicada à BD. O seu proprietário, Manuel Espírito Santo, afirma com orgulho que o festival Mab Invicta é totalmente privado, sem qualquer apoio do Estado, nomeadamente da Câmara Municipal do Porto.

Convém, antes de mais, esclarecer o seguinte: enquanto que, nas instalações da FBAUP estarão presentes os autores, nacionais e estrangeiros, nas habituais sessões de autógrafos, a CasaViva-Espaço Temporário Multicultural acolherá as exposições e a programação paralela, sendo lá apresentadas as novidades editoriais, bem como a realização de concertos. 

Vejamos agora, nas suas linhas gerais, o programa:
10 de Março (Sábado)

Abertura 10h30 - Orquestra de Canidelo com temas de Banda Desenhada e Cinema: Simpsons, Tom & Jerry, Exterminador Implacável, Blade Runner, entre outros

Autores presentes a partir das 14:30 
para a sessão de autógrafos:

Estrangeiros:
- Melinda Gebbie
- David Hine
- Lars Henkel
- Ulf K.
- Anke Feuchtenberger
- Kai Pfeiffer
- Dominique Goblet
- Oliver Deprez
- Denis Deprez

Portugueses:
- Regina Pessoa
- Ricardo Cabral
- Hugo Teixeira
- João Mascarenhas
- Geral e Derradé
- Colectivo – A Zona
- Rui Dias Sena
- Marcos Farrajota e Joana Pinto

Programação paralela à sessão de autógrafos:
- 12h00: Apresentação de Jorge Ferreira sobre a extensão e o projecto Casa Viva do MAB
- 14h30: Apresentação do filme “Zepe” (por Diogo Stuart e Manuel Espírito Santo)
- 15h00: Entrevista áudio a Stuart de Carvalhais (através de vinil) e conversa com familiares
- 15h30 : Entrevista à autora Melinda Gebbie para o MAB e para o blogue “Leituras de BD”
- 16h30: Exibição das animações de Regina Pessoa com a presença da autora “História Trágica com Final Feliz” e “A Noite”
- 17h00: Primeira apresentação mundial do livro ilustrado por Melinda Gebbie acerca das suas memórias desde os anos 70
- Primeira apresentação mundial do livro ilustrado por Melinda Gebbie para a adaptação de Alan Moore de um poema do poeta William Blake
- 18h00: Exibição do filme “Vinzent” do realizador alemão Ayassi, vencedor do prémio do jurí da crítica do Festival Internacional de Cinema Fantasporto em 2005 com introdução de Lars Henkel e Manuel Espírito Santo

Programa para
11 de Março - Domingo

Autores presentes a partir das 14:30
para a sessão de autógrafos:

Estrangeiros
- Melinda Gebbie
- David Hine
- Lars Henkel
- Ulf K.
- Anke Feuchtenberger
- Kai Pfeiffer
- Dominique Goblet
- Oliver Deprez
- Denis Deprez


Portugueses
- Regina Pessoa
- Ricardo Cabral
- Hugo Teixeira
- João Mascarenhas
- Geral e Derradé
- Colectivo – A Zona
- Rui Dias Sena
- Marcos Farrajota e Joana Pinto


Programação paralela à sessão de autógrafos
- 14h30: Animações do projecto “Dialectus”: “No Mundo da Lua” e “Zeca e Zuzzie (1º episódio)
- 16h00: Exibição de animações de Lars Henkel com apresentação de Manuel Espírito Santo
-  Melinda Gebbie com o exclusivo MAB de projecção futura de dois livros:
1) livro de memórias de Melinda Gebbie
2) livro ilustrado por Melinda Gebbie com adaptação de Alan Moore de um poema de William Blake
- Apresentação de curtas-metragens internacionais por Marcos Farrajota:
- Dunga don't Cry de Vladimir Palibrk (Sérvia);
- A little song about my diseases: 1) Psoriasis 2) Candida Albicans 3) Cannibalistic bulimia de mina anguelova (Portugal);
- Punk Machine de Grrr (Suiça);
- Promotion canopée de Toffeur (França);
- Pedro Zamith : o Walt Disney underground de João Tocha (Portugal);
- Deep in space de Laur Balaur (Roménia);
- It's moving de André Ruivo (Portugal);
- Infinite girlfriend (vídeo-clip de Mincemeat or Tenspeed) de Javier Fabregas (Espanha);
- Dilúvio de Manuel Pereira (Portugal);
- Devir ii (vídeo-clip de Ghuna x) de André Gil Mata, Dinis Santos e Miguel Marinheiro (Portugal).

- 17h00: On the quest for beograd underground, Espanha/Sérvia, 65' de Muriel Buzarra, Natsa Sarkic e Carlos Lopez: Documentário sobre as movimentações alternativas de Belgrado que passam pela banda desenhada, música, artes plásticas ou áudio-visual.
A Sérvia vive um momento eufórico de produção artística após vários anos de guerra, sanções económicas e regimes ditatoriais.
Curiosamente são entrevistados muitos autores e activistas da bd como o conhecido Aleksandar Zograf, e ainda Wostok, Septic, Vladimir Palibrk ou Johanna Marcadé.

Outros factos de interesse relativamente aos autores presentes:
- Lars Henkel: Lançamento mundial do novo livro ilustrado de Pete Seeger
- Kai Pfeiffer: Primeira exposição mundial com originais do livro que está a elaborar com Dominique Goblet “Si Entente”
- Dominique Goblet: Primeira exposição mundial com originais do livro que está a elaborar com Kai Pfeiffer “Si Entente”
- Anke Feuchtenberger: Livros exclusivos da autora para o festival MAB

- Venda de livros exclusivos dos autores assim como serigrafias, originais e prints

Exposições:
- Sama: Exposição inédita de originais, prints e serigrafias deste novo e grande artista brasileiro.

- Exposição póstuma a Sergio Bonelli com fotografias deste autor/editor nas viagens que fez.
Com texto de José Carlos Francisco, dinamizador da personagem Tex em Portugal, esta exposição apresentará diversas pranchas inéditas para mais um Tex Gigante, realizadas por Fabio Civitelli que estará presente no festival, no fim de semana de 17/18 Março.

- Exposição Zakarella cedida por Nuno Amado (prints de Carlos Alberto e originais de outros autores sobre esta personagem mítica)

- Exposições na extensão do MAB na Casa Viva do Colectivo Zona
Rudolfo da Lodaçal Comix, da Chili com Carne e de novos talentos.
E também concertos de bandas nacionais e internacionais a partir das 18h00 até às 22h30.
(Ver programa em separado, mais abaixo)

- Exposição dedicada aos 75 anos da personagem Príncipe Valente
Coordenação do estudioso e editor Manuel Caldas
Estação de metro de São Bento

- Exposição dedicada a Stuart de Carvalhais
no Museu Nacional da Imprensa
Título da exposição: “Stuart BD & Azulejos”
Patente de 10 de Março a 31 de Maio (em parceria com o MAB)
Horário: Todos os dias das 15h às 20h

- Exposição dedicada a Stuart de Carvalhais
no Palacete dos Viscondes de Balsemão
(em parceria com o MAB).
Praça de Carlos Alberto, nº 71
. Horário: 2ª a 6ª das 9h às 20h. Entrada grátis

Editoras e livrarias presentes nas bancas:

- Invicta Indie Arts
- Fnac
- Necomi com o apoio da Pressplay
- Dr. Kartoon
- Chili com Carne
- Bancas com todos os livros dos autores nacionais e internacionais

Concertos na CasaViva
Entrada grátis
sábado, dia 10
20h Protest and Serve (Porto)
21h Dead October (Porto)

domingo, dia 11
19h Paulette Wright (França)
20h Dirty Coal Train (Viseu)
21h Trashbaile (Porto)

sábado, dia 17
18h Old Trees (Coimbra)
19h Dead by Pregnacy (Porto)
20h Conto do Vigário (Lisboa)
21h No No (Viseu)

domingo, dia 18
18h Tiger Picnic (Viseu)

Vai haver um
Porto de Honra oferecido pela Niepoort ao MAB e a todos os seus visitantes

Locais onde se realiza o evento

1) Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto
Avenida de Rodrigues de Freitas, 265 - Porto

2) CasaViva - Espaço Temporário, Multicultural
Praça Marquês de Pombal, nº167 - Porto 

Preços para o Festival:
3.50€ por dia
6.00€ Sábado e Domingo
10€00 os dois fins de semana

contacto: festivalmab@gmail.com

----------------------------------------------------------------------- 

Comentários e alterações "a posteriori" deste bloguista, escritos agora, aqui (no Porto, na "Casa Viva") , uma das várias extensões do núcleo central do MAB (no edifício da Faculdade de Belas Artes).

Autores que constavam do programa, mas que não compareceram):

Estrangeiros:
Ulf K
Anke Feuchtenberger
Denis Deprez

Portugueses:
Hugo Teixeira
Geral e Derradé
Filipe Abranches

Músicos que constavam dos Concertos na Casa Viva mas que não compareceram:

Protest and Serve (do Porto)
(Foram substituídos por Trashbaile (também do Porto)

Nota pessoal:
Estou aqui na "Casa Viva" a utilizar um velho computador Hewlett Packard para escrever estas notas adicionais. 
Já visitei as exposições de Ilustração e BD nos três andares deste prédio antigo na Praça Marquês de Pombal (sim, há algumas coincidências toponímicas entre Lisboa e Porto), e aproveito a oportunidade para escrever estas notas, a fazer tempo para assistir ao concerto da francesa Paulette Wright 
Mais uma vivência que estou a fruir inesperadamente, com imenso prazer.
Domingo, 11 de Março  
    
-----------------------------------------------------------------------
Para ver postagens anteriores acerca de Festivais BD, bastará clicar no item Etiquetas: Festivais de Banda Desenhada e Prémios respectivos, visível no rodapé

2 comentários:

Oneiros disse...

Grato pela divulgação Geraldes.
Abraço

Geraldes Lino disse...

Viva Manuel "Oneiros"
Ok, registo o agradecimento.
Estou agora (Domingo, 18h30) aqui na CASA VIVA, e estou muito bem impressionado com este espaço.
Vou ficar a ouvir os concertos programados de Paulette Wright (às 19h) e Dirty Coal Train (às 20h).
É gente muito fixe, e um responsável da Casa Viva já me convidou para no fim dos concertos jantar cá com eles.
Tens aqui uns bons parceiros do MAB-Invicta.
Abraço.