terça-feira, fevereiro 13, 2018

Angola - BD no jornal Cultura, de Luanda





Na primeira  página do Cultura Jornal Angolano de Artes e Letras (editado em Luanda), aparece em rodapé uma nota acerca de O Canto de Lusunzi, onde se informa que se trata de nova BD de Lito Silva. Deduz-se, por conseguinte, que antes desta banda desenhada que começou a publicar-se na edição nº 150 (19 de Dezembro a 2 de Janeiro de 2018), houve alguma ou algumas anteriores.

Só muito recentemente tive conhecimento da existência deste jornal, por amabilidade de um amigo, o jornalista Manuel Rodrigues Vaz. Por mero acaso, o exemplar que ele me ofereceu, o citado nº 150, apresentava na última página a prancha inicial da série em bd "Masala o Leopardo", no episódio "O Canto de Lusunzi". Pedi ao meu amigo jornalista que, se lhe fosse possível, me arranjasse os números seguintes, visto ele ser amigo do director e editor-chefe do jornal, José Luís Mendonça. O que está a conseguir. 

São as três pranchas publicadas nas edições nºs 150, 151 e 152 (esta última datada de 16 a 29 de Janeiro de 2018) que mostro no presente post, num episódio que se passa em Cabinda, no ano de 1792. Masá,personagem importante, tem uma elevada finalidade, a de fazer daquele território a terra dos homens livres.

Conseguirá ele atingir tal desiderato?  

Só quem comprar o jornal Cultura o poderá vir a saber. Isso porque a obra de figuração narrativa vai continuar a narrativa prancha a prancha, página a página do jornal e, como se pode ler em rodapé a bem conhecida frase tão repetida nas antigas revistas de banda desenhada, a descrição do enredo "continua no próximo número". 
----------------------------------------------------
LITO SILVA

Autor de BD (argumentista e desenhador) angolano.
Tem um álbum publicado: Masala o Leopardo - Um Passo para a Liberdade, sendo o argumento/guião e desenhos de sua autoria. 
Esteve em Portugal no Festival Internacional de BD da Amadora, na edição de 2008    

Sem comentários: