terça-feira, fevereiro 14, 2006

Jornais com Banda Desenhada (IV) - Mundo Universitário - 13 Fev. - Autora: Andreia Rechena

Uma banda desenhada de estética próxima da corrente alternativa

Número 30, o mais recente do quinzenário gratuito "Mundo Universitário", inclui uma banda desenhada cujo tema, basicamente, é o amor. Ou não datasse esta edição do jornal de 13 de Fevereiro, véspera do "dia dos namorados".

Claro que no mundo imaginário da autora/artista Andreia Rechena (primeira mulher a colaborar nesta página do M.U. dedicada à BD) abundam as figuras misteriosas, e a personagem feminina da banda desenhada O Amor é cego, a obsessão um bocadinho vesga oscila entre um ser demoníaco - com a cabeça de serpente a sair-lhe das costas -, e o robô, isto por causa dos fios metálicos e respectivas fichas que se lhe ligam ao corpo. Qual das componentes será mais forte? Ou estaremos perante um misto de ambas as coisas? Só a criadora deste ser atraente mas misterioso poderá esclarecer o intrigante dualismo.

A única certeza que podemos ter é a de que o jovem, que tantos anos sonhou com aquela "rapariga", não faz ideia do que está iminente acontecer-lhe.
----------------------------------------------------------------------
Andreia Sofia Dionísio Rechena, cujo nome artístico ainda oscila entre A Rechena (assim mesmo, sem ponto a seguir à letra inicial) e aquele com que, desta vez, assinou a presente bd, nasceu em Monsanto, Idanha-a-Nova, em Maio de 1979.
Já participou em concursos:
Amadora, duas vezes, uma delas tendo obtido uma menção honrosa, e no organizado pelos Jovens Criadores, onde foi incluída na selecção final e na correspondente exposição.
Em exposições, teve pranchas na intitulada "Urbe Fiction", organizada em Almada, no local expositivo do "Ponto de Encontro", pertencente ao Centro Cultural; no CEM - Centro em Movimento, em duas mostras individuais, uma de BD, outra de Ilustração; numa outra organizada pelo CITEN, do Centro de Arte Moderna da Fundação Gulbenkian; nas exposições terminais dos concursos do Festival Internacional de Banda Desenhada da Amadora, bem como da colectiva concernente ao Concurso dos Jovens Criadores, realizada em Amarante.
Tem bandas desenhadas reproduzidas nas seguintes publicações:
BD Jornal, fanzines Tertúlia BDzine e Cyber Extractus. Acrescente-se agora: uma bd no jornal Mundo Universitário. Tem igualmente bedês publicadas nos blogues "Zarzanga" e "Caixa de Fósforos".
Na área da Ilustração, colaborou nos fanzines Funzip e Windigo. Ilustrou também o Mapa de Actividades Infantis do CEM, fez uma colecção de postais para o Festival de Banda Desenhada de Pinhal Novo e, desde 2004, faz ilustrações para a "Agenda Lunar" editada na Lousã por Susana Martins.

2 comentários:

Zarzanga disse...

Lino!muito obrigado pelas correcções e pela inclusão dos blogues.Aabraços!

Geraldes Lino disse...

Olá Zarzanga.Não quero que te falte nada :-)