segunda-feira, fevereiro 04, 2008

Tertúlia BD de Lisboa - Ano XXII - 281º Encontro - 5 Fevereiro 2008

Apesar de ser 3ª feira de Carnaval, a Tertúlia BD de Lisboa efectuar-se-á, no local habitual, visto que o modesto restaurante onde aquele colectivo se reúne mensalmente, há 22 anos e picos, abre propositadamente para acolher os cerca de quarenta "tertulianos" amantes de banda desenhada que lá irão estar, neles incluído o Convidado Especial, que vem propositadamente do Porto para estar presente num momento de destaque despretencioso que lhe vai ser prestado por esta associação informal bedéfila lisboeta no ciclo "Nova BD portuguesa".

Ciclo Nova BD portuguesa (*)
CONVIDADO ESPECIAL
Marco Mendes

Marco Mendes (nome artístico de Marco Alexandre Camarneiro Mendes) nasceu em Sé Nova, Coimbra, a 3 de Outubro de 1978, mas vive actualmente no Porto. É licenciado em Design de Comunicação. Exerce duas profissões: a de docente (Assistente Convidado da Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto - FAUP) e a de ilustrador/artista plástico "freelancer". Foi monitor de três cursos de BD para alunos dos 7 aos 12 anos na Fundação de Serralves (Porto), e um de Técnicas de Ilustração para jovens até 16 anos no Centro de Artes e Espectáculos da Figueira da Foz.
Em Portugal participou com pranchas de banda desenhada em exposições no Porto, em Lisboa e Amadora. Títulos de algumas delas:"O 25 de Abril 30 Anos Depois", "Quartel-Arte Trabalho e Revolução", "Lamb Heart", "Dejarme Solo", "Tenho visto carteiristas", "Domingo Todos os Dias", "Diário Rasgado", "Uma Formiga na Saia do Universo" (foi sob este título que esteve exposta, na Galeria Plumba-Arte Contemporânea, de 22 Set. a 20 Out. 07, a prancha reproduzida no topo deste "post").
No estrangeiro, esteve representado em Pontevedra (Espanha, Outubro 2006) e Ravena (Itália, Outubro 2007).
Colaborou com bedês nas revistas Desvio, 365, Hotel e Quadrado, no livro Mutate & Survive, e no jornal semanário Mundo Universitário (bedê a cores, no grande formato tablóide).
Tem bandas desenhadas reproduzidas em diversos fanzines, designadamente nos intitulados "Hmm... Estou a Ver", "Estou careca e a minha cadela vai morrer", "Cospe Aqui", "Tertúlia BDzine".
Colaborou com uma bd num dvd editado pelo Centro de Documentação do 25 de Abril da Universidade de Coimbra.
Foi-lhe publicado um texto sobre o tema Fanzines de banda desenhada no Porto, no livro Salão Olímpico - 2003/2006, editado pela Fundação de Serralves em 2007.

(*) Este ciclo, a decorrer permanentemente desde Junho de 1985, tem a finalidade de distinguir, com DIPLOMA DE INCENTIVO, gente mais nova da BD, a vários níveis:

1) Autores jovens em princípio de carreira, mas com obra publicada - embora porventura escassa - quer em fanzines, jornais, revistas ou, eventualmente, em álbum (por edição alternativa, seja com apoio autárquico ou de empresa privada, até mesmo em edição de autor).
2) Autores que, independentemente da sua idade, só começaram a fazer BD em data recente.
3) Autores que fizeram banda desenhada, de forma esporádica, há uns tantos anos, tendo desistido da BD e optado por diferente actividade (incentivo de tipo retroactivo).
4) Autores já com obra significativa, mas demasiado novos para serem homenageados.


Nota: Também relacionado com Marco Mendes há um "post" no meu blogue Fanzines de Banda Desenhada, na data de Jan. 22, visitável no endereço:
http://fanzinesdebandadesenhada.blogspot.com/

Nota "a posteriori"
Quem quiser ver imagens de algumas das personagens de BD em versões improvisadas por alguns dos "tertulianos", pode visitar o blogue Kuentro, no data Fev. 6, no endereço
http://kuentro.weblog.com.pt/

4 comentários:

Teleférico disse...

Os teus textos, mais do que simples, são essenciais. (tem até espaço pra um bom humor ocasional).

Vou passando.

Geraldes Lino disse...

Vieste de teleférico de onde? Obgdo pelo comentário. Tens blog, sítio, ou assim? Se de facto fores passando, vai dizendo. Anima sempre ver q alguém está a gostar do que um escriba vai gravando neste papiro informático...

HugoTeixeira disse...

LOL

Gostei dessa do "papiro informático".

Abraço Lino

Geraldes Lino disse...

Tb um abraço, futuro Convidado Especial da Tertúlia BD de Lisboa.