sábado, janeiro 31, 2009

Tertúlia BD de Lisboa - 294º Encontro - Convidado Especial: Mário Freitas


Prancha do episódio Refundação (Super Pig nº 4) desenhada por Carlos Pedro e arte-finalizada por Mário Freitas.

Mais um encontro da associação informal Tertúlia BD de Lisboa, cujo programa, como sempre, é dividido em três partes:
1ª - Jantar (entre as 20h00 e as 21h30)
2ª - Sorteio interactivo de BD, onde se sorteiam peças (álbuns, revistas e fanzines) oferecidas pelos próprios "tertulianos", que assim permite não só uns momentos de entretenimento, como também permitir o contacto entre quem oferece a peça e quem a recebe.
3ª - Todos os presentes ficarem a conhecer, não só pessoalmente como através de auto-apresentação escrita e oral, o Convidado Especial do encontro. Que vai ser:

MÁRIO FREITAS
Mário Miguel Rocha de Freitas nasceu em Lisboa, a 9 de Maio de 1972. Licenciou-se em Gestão pelo I.S.E.C., mas, após ter trabalhado na especialidade relacionada com o seu curso superior, acabou por optar pela profissão de editor-livreiro, sendo proprietário da Livraria Kingpin of Comics, e responsável pela chancela editorial Kingpin Comics, acumulando isso com actividades criativas na BD, como argumentista, legendador e arte-finalista.
Criou argumentos para:
a) ... a Revista Super-Pig, do nº 1 ao nº 4, na totalidade do seu conteúdo bedístico;
b) ... uma bd em 3 horas com o título "Rivais";
c) ... uma bd em 2 horas com o título "Terror Artist";
d) ... a bd "Conveniências", numa só prancha autoconclusiva, a cores, no jornal Mundo Universitário;
e) ... o episódio "Ícone"(uma prancha autoconclusiva, a cores, em formato A3), publicado no nº 3 do zine Efeméride, integrado no título genérico "Super-Homem no Século XXI";
f) ... a bd em quatro pranchas "O Último Resistente do Parque Mayer", pulicada no fanzine Tertúlia BDzine;
g9 ... a bd "A Última História do Omnimaledicente" a publicar no fanzine Bizarro Especial 10 Anos".
Enquanto arte-finalista tem a seu crédito:
a) Revista Super-Pig nºs 1, 2 e 4;
b) C.A.O.S., livro 3;
c) A bd em 3 horas "Rivais";
d) A bd em 2 horas "Terror Artist";
e) No Tertúlia BDzine, a bd "Tertúlia do Horror apresenta 'O Monstro do Pântano";
f) O episódio "Ícone" no fanzine Efeméride nº3, dedicado ao tema "Super-Homem no Século XXI".
Como legendador, foi responsável pelas bedês em que fez argumentos e artes-finais antes mencionadas.

2 comentários:

Mário Freitas disse...

Ó Lino, não é Carlos Freitas, é Calos Pedro! :D

Geraldes Lino disse...

Tens razão, Freitas, foi distracção minha. Já corrigi.
(Aposto q ue o prejudicado não chegou a ver a troca de apelido...