quarta-feira, janeiro 21, 2015

Exposições BD Avulsas (Lisboa) - Relvas



Relvas, Fernando Relvas, é um dos autores de referência da BD portuguesa, nunca é de mais afirmá-lo. E também nunca é de mais haver oportunidades para poder apreciar, e comprar, pranchas originais de bandas desenhadas de sua autoria.

Ora é exactamente esse ensejo com que se depara quem visitar a exposição que se inaugura hoje, 4ª Feira, 21 de Janeiro, pelas 18h30, no Espaço Arte da Livraria Europa-América, em Lisboa, onde estarão expostas 120 pranchas originais pertencentes a obras de BD já publicadas em jornais, revistas e álbuns.

Um pormenor inusitado: as pranchas, para além de poderem ser vistas, também podem ser compradas.
Para as visionar, apreciar e, eventualmente, comprar, haverá 20 expostas na parede, as restantes em expositores. 
Todas a 280€, excepto a mais pequena que custa 350€ 

Incluída na inauguração da exposição será projectado um filme de animação "Fado na Noite", na realização do qual Relvas teve contribuição fundamental. (*)

Espaço Arte 
Livraria Europa-América
Av. Marquês de Tomar, 1B
Lisboa
 
---------------------------------------------------------
(*) "Fado na Noite" (2012), de Fernando Relvas (11' 04'')


"Fado na Noite" (2012), de Fernando Relvas (11' 04'')

Argumento, Autoria Gráfica, Realização, Storyboard e Layouts: Fernando Relvas / Produção e Co-Realização: Humberto Santana / Animação: Osvaldo Medina / Traçagem de Máscaras: Élio Machado, Humberto Santana e Osvaldo Medina / Direcção técnica, scan, pintura, processamento de imagem e montagem: Luís Canau / Fados compostos com quadras e músicas populares / Direcção e gravações musicais: João Penedo / Fadistas: Mafalda Taborda – Tagana (Guitarra, minha guitarra, Eu pedi a Deus a Morte e Pelo canto das sereias), Ricardo Ribeiro – Belezas (Rapazes quando eu morrer), Marco Oliveira – Briol (Nasci nas praias do mar e Tenho dentro do meu peito) / Músicos: João Penedo – Baixo e Contrabaixo; Ricardo Rocha – Guitarra Portuguesa; Carlos Mil Homens – Percussão; Marco Oliveira – Viola / Vozes: Mafalda Taborda, Ricardo Ribeiro, Marco Oliveira, Humberto Santana, Osvaldo Medina, Luís Canau, Paulo Curado, Élio Machado, Rui Miguel Silva / Sonoplastia: Paulo Curado - Estúdios Animanostra / Edição: Mixturas / Administração: Manuela Costa / Contabilidade: Paula Cruz / CPI / Produção financiada por:ICA /MC e RTP / ANIMANOSTRA 2012


---------------------------------------------------------
FERNANDO RELVAS

Síntese biobibliográfica

Fernando Carlos Nunes de Melo Relvas, 20 de Setembro de 1954, Lisboa. 
 

Relvas iniciou-se na BD em 1975, colaborando nos fanzines O Estripador e O Gorgulho. Estreou-se em 1976 a colaborar num jornal, o Gazeta da Semana, com a personagem 'Chico'. 

Voltaria mais tarde aos jornais, designadamente a: Pau de Canela, O Fiel Inimigo (depois apenas Inimigo), Sete, GrandAmadora, Diário de Notícias, Mundo Universitário
Entre todos destaca-se o semanário Sete, onde teve extensa produção bedística, de 1982 a 1987: Concerto Para Oito Infantes e Um Bastardo, Niuiork, Sabina, Ai Este Chavalo Seria Tão Baril Se..., Herbie de Best, Sangue Violeta, Karlos Starkiller Jornalista de Ponta, todas a preto e branco, e Nunca Beijes a Sombra do Teu Destino, A Noite das Estrelas, O Diabo à Beira da Piscina, O Atraente Estranho, estas quatro a cores.

Há bandas desenhadas suas em várias revistas de BD: Mundo de Aventuras, ("0-3-0 O Controlador Louco"), Fungagá da Bicharada, Mosquito (5ª série), no respectivo suplemento "O Insecticida", Lx Comics e especialmente na Tintin, onde teve considerável produção (Espião Acácio, Viagem ao Centro da Terra, Rosa Delta Sem Saída, L123, Cevadilha Speed, Slow Motion, Kriz 3). 
Fez também BD em revistas de temas diferentes, nomeadamente Pão Comanteiga e Sábado ("O Rei dos Búzios").

Em 1990 obteve o 1º prémio do concurso "Navegadores Portugueses", organizado pelo CNC-Centro Nacional de Cultura, com a obra "Em Desgraça - As Aventuras de Vaz Taborda".

Tem obras editadas em álbuns: colaboração no colectivo "Noites de Vidro", aavv (1991); "Em Desgraça - As Aventuras de Vaz Taborda" (1993), "As Aventuras de Piri-Lau O Nosso Primo em Bruxelas" (1995), "Karlos Starkiller Jornalista de Ponta" (1997) - recolha da série homónima publicada no semanário Sete; "Uma Revolução Desenhada: o 25 de Abril e a BD" (1999).

Enquanto profissional da BD e Ilustração, editou ele próprio os seus prozines (Ananaz Q Ri e Ménage à Trois), mas colaborou também nos fanzines Édito e Quadrado (2ª série).

Em Setembro de 1989, no V Salão Internacional de Banda Desenhada do Porto participou numa exposição colectiva; em Março de 1997 foi-lhe dedicada uma exposição, pela Bedeteca de Lisboa,  intitulada "Relvas à Queima-Roupa", com edição de catálogo; em 1998 foi um dos vários autores portugueses incluídos na exposição "Perdidos no Oceano", organizada em França pelo Festival Internacional de Banda Desenhada de Angoulême, na edição desse ano.


Em Setembro de 2002 foi homenageado pela Tertúlia BD de Lisboa. 

Publicadas em língua inglesa tem as seguintes obras: "Palmyra (2007), The Chinese Master Spy" (2008), "Li Moonface" (2011), "Ask a Palmyra: How Can Transgenic Fish Make You Sex Crazy?" (2013).

Em 2012 realizou o seu primeiro filme de animação, "Fado na Noite", ambientado em Lisboa, nos meados do século XIX. O filme foi financiado pela RTP e Ministério da Cultura.

Em 2013 foi-lhe atribuído o Prémio Nacional de BD/2012 pelo Festival Internacional de Banda Desenhada da Amadora, onde esteve representado na exposição "Relvas a Três Tempos". 


Esteve parte do corrente ano de 2014 a preparar, mais uma vez como autor completo - argumento, desenho, legendagem e colorização -, a obra "Nau Negra", quase terminada em fins de Setembro.

G.Lino
-----------------------------------------------------------------
Os visitantes deste blogue que, por mera curiosidade, queiram ver os restantes cinquenta e nove "posts" sobre exposições avulsas (ou seja, não inseridas em festivais BD), poderão fazê-lo clicando no item Exposições BD Avulsas visível no rodapé.

2 comentários:

Josiel Dias disse...

Olá meus amigos, como é maravilhoso encontrar sites com este seu. Parabéns pelo belo trabalho, já estou seguindo.
Aproveitando a oportunidade gostaria de compartilhar com você nosso
blog. Ficaremos felizes por vossa visita e mais ainda se seguir-nos.

AGUARDAMOS SUA VISITA

Atenciosamente

Josiel Dias
http://josiel-dias.blogspot.com
Rio de Janeiro

Geraldes Lino disse...

Josiel Dias: Agradeço-lhe a visita ao meu blogue, e as suas palavras elogiosas.
Por meu turno visitei o seu "Mensagem Edificante para Alma", que achei interessante. Com um senão: não contempla a banda desenhada (ou quadrinhos, o tema é bastante diferente.
Grande abraço.