domingo, agosto 21, 2005

Homem-Aranha em Portugal, ao mesmo tempo em dois locais

Não, não se trata de o Spider-Man ter agora também o dom da ubiquidade, pelo facto de aparecer em simultâneo em dois locais diferentes, cá por estas bandas lusitanas.

Acontece, simplesmente, o seguinte: na continuação dos artigos dedicados ao tema "Heróis-Jornalistas da Banda Desenhada", que o jornal Público tem estado a apresentar, aos domingos, em textos assinados pelo jornalista, "doublé" de crítico de BD, Carlos Pessoa, a personagem apresentada neste Domingo, 21 de Agosto, foi o Homem-Aranha, herói que deu azo ao artigo "Spiderman (sic) - Repórter fotográfico em part-time".

O BI divulgado dá os elementos essenciais. Informa os nomes dos criadores, Steve Ditko, desenhador, e Stan Lee, argumentista. Data de nascimento do herói: 1962. Local: Revista Amazing Fantasy (USA). Profissão: Repórter fotográfico, enquanto Peter Parker. E no que se refere a este pormenor que os leitores sabem desde sempre, é triste dizê-lo mas o jovem Parker só se aguenta no emprego por ser o único repórter a conseguir fotos do Homem-Aranha, por razões óbvias.
Após o bem elaborado, embora necessariamente sintético, artigo desta semana, teremos no próximo Domingo a continuação da série, com a apresentação de Ernie Pike.

Também em continuação, mas neste caso de uma colecção, intitulada "Série Ouro", em edição portuguesa pelas Edições Devir, num lançamento dominical junto com o matutino Correio da Manhã, surgiu neste mesmo dia 21 de Agosto (um Domingo em cheio para os bedéfilos), o bem apresentado volume (nº 9 da colecção) com o título "Homem-Aranha, Regresso às Origens".

Trata-se de um conjunto de volumes, muito bem apresentados, em bom formato (18x26cm, um pouco menos do que A4), capa e miolo a cores, cujos anteriores oito álbuns foram dedicados a:
Capitão América- nº1; Batman- nº2; Quarteto Fantástico-nº3; Mónica (*)-nº4; Elektra-nº5; Star Wars-nº6; Wolverine-nº7; Tex-nº8.

(*) O nome da personagem aparece na capa com a grafia do português do Brasil, "Mônica". Mas se os brasileiros abrasileiram os nomes, nós temos o direito de os aportuguesar. Nenhum bedéfilo português alguma vez terá pronunciado aquele nome com o "o" fechado (ô) mas com ele bem aberto, (ó).

4 comentários:

eu proprio disse...

bem vindo ao mundo da web!
Em http://zeoliveira.blogs.sapo.pt coloquei hoje uma nota de boas vindas.

Geraldes Lino disse...

Olá Zé Oliveira. Obrigado pela saudação amiga, quase tipo "confraria". Mas na realidade eu já ando pelo "mundo da web" desde Abril 2001, data em que escrevi o texto de apresentação do "Sítio dos Fanzines" (http://geocities.yahoo.com.br/fanzinelandia :-)

Anónimo disse...

Cool blog, interesting information... Keep it UP » »

Anónimo disse...

Enjoyed a lot! Cheap flights to america greece 6 gallon electric water heater rebuilt toyota engines mississippi Buy cheap generic bontril Detector legal radar http://www.adderall-xr-side-effects.info/Commercial_moving_company_moving_company_dluxmovers_com.html bridal shower stationery tennis scoring ad out