sexta-feira, outubro 21, 2005

Teatro na BD (I) ­- O Mistério da Camioneta Fantasma – peça adaptada à BD por Pedro Massano

Uma vinheta da obra de BD em execução

Acaba de estrear em Lisboa, no Teatro "A Barraca" (teve duas representações com a categoria de estreia), em 18 e 19 de Outubro, a peça O Mistério da Camioneta Fantasma, com texto e encenação de Helder Costa.

No programa elaborado para acompanhamento da peça insere-se o enquadramento histórico da trama, que se inicia no dia 19 de Outubro de 1921, data em que "desabou sobre Portugal uma horrível tragédia", conforme se pode ler no programa.

É sobre a série de acontecimentos de cariz dramático que gira a peça, valorizada por um conjunto de actores que conseguem transmitir de forma impressiva as emoções criadas pelos acontecimentos.

Mas o que tem a ver a BD com isto?

Bom, acontece que foi na Tertúlia BD de Lisboa que Pedro Massano e Hélder Costa se conheceram. E como fui eu a apresentá-los, fui tendo conhecimento do projecto que teve início naquele encontro.

A peça já está feita, Hélder Costa fez investigação histórica e escreveu o argumento. O cartaz e a animação gráfica são de Pedro Massano, que também ilustrou o programa, onde se incluem as caricaturas dos actores (Rita Fernandes, João d'Ávila e outros) e do próprio encenador.

E a BD, onde é que aparece? Para já, no "foyer" do teatro, numa vitrine existente logo à entrada, estão expostas quatro pranchas, desenhadas, legendadas e coloridas por Pedro Massano, as primeiras de um total previsto de 64, para um álbum que irá ter o mesmo título da peça.

"Mas olha que não se trata da transposição da peça para a Banda Desenhada" – esclarece Pedro Massano. "Isto é assim: o Helder Costa tinha um texto bastante extenso, mas adaptou-o para a peça que acaba de estrear, e que nós estivemos a ver".

"Como eu e o Helder Costa já tínhamos falado acerca do desafio que ele me tinha feito – por acaso até foi na tua tertúlia – há um ano e tal, mais ou menos".

"Eu entretanto fui mastigando, e quando peguei nisso, foi talvez em Maio, comecei a comparar o texto da peça com alguns dados históricos que há desse episódio, que tem a ver com um dos muitos golpes que houve na 1ª República."

"Mataram-se cinco pessoas nessa noite de 19 de Outubro, todas elas vultos importantes do nascimento da República. E o que eu faço é comparar o texto da peça com a descrição real do que aconteceu."

Pedro Massano acabou por aqui a sua explicação. Assim, por mero acaso, este blogue dá um passo que julgo não vulgar nos seus congéneres, ao registar uma mini-entrevista com um autor português. Em primeira mão, aqui fica a notícia destes primeiros passos na realização de uma banda desenhada, mais uma, de Pedro Massano, desta vez relacionada com uma peça teatral, experiência original na sua já longa carreira e categorizada carreira..

Nota: A vinheta reproduzida no início do "post", foi fotocopiada da prancha original (por amável deferência do autor) e tem ainda, como se verifica, a legendagem apenas feita a lápis.

2 comentários:

Anónimo disse...

I do a lot of blog surfing and that's how I came across yours. Nice job. I
got a site that bloggers seems to like. That's why I'm here. ;^} My site related and is made to help bloggers turn their blog into a cash cow.Stop by and take a look see.

Vaginga disse...

hi nice blog!