domingo, maio 14, 2006

Sobreda/BD 2006 - 22º Salão Internacional de Banda Desenhada da Sobreda

Cartaz da autoria de Bruno Balixa
É no próximo fim de semana que se inaugura o Salão BD da Sobreda (que já se chamou Sobreda de Caparica), no concelho de Almada.

Local: Solar dos Zagallos

Programa

De 20 a 28 de Maio/2006

Dia 20 (sábado) - Abertura às 14h. Encerra às 19h.

Dia 27 (sábado) - às 14h - Reabertura
às 15h30 - Sessão solene de encerramento, com a presença de Maria Emília de Sousa, Presidente da Câmara Municipal de Almada.

Entrega de diversos Diplomas de Honra e dos Troféus Sobredão aos artistas:

Portugueses
Isabel Lobinho
Sergei

Estrangeiros
Annie Goetzinger

e ao representante das Editions du Lombard (Bélgica)

Sessões programadas de autógrafos

Dia 28 (domingo) - Último dia -Abertura às 14h. Sessão livre de autógrafos.
Encerra às 17h30.

10 comentários:

gevan disse...

Entao e este Festival nao tem concursos de BD ou maratonas d BD ou algo do genero?
Penso que é sempre pertinente ter. Acho mais importante dar oportunidade aos "desconhecidos" de mostrar a sua obra do que estar sempre apenas a mostrar aqueles que já têm a vida encaminhada no meio. Nao que nao mereçam destaque, antes pelo contrario. Mas assim mantemos uma mente mais "fechada" ao que anda a ser feito. Isto para não falar dos concursos (quando os há) que premeiam aqueles que já têm notas dadas na área. Dou o exemplo d Moura 2005 onde apenas s deu destaque aos dois autores que venceram o 1lugar no escalao mais alto, deixando de lado o resto dos premiados onde figuram também novas esperanças e nao sempre "os mesmos" (cuja importancia e merito é certamente merecido mas que começam a ter um estatuto que a meu ver já nao se adequa aquele tipo d concurso) que aparecem sempre. Qualquer dia vemos o José Carlos Fernandes (entre outros) a participar também nos concursos.

Não queria estar a reclamar mas foi só um pensamento que me ocorreu sobre o que tenho visto em alguns locais.

Um abraço!

gevan disse...

É que nas noticias que apareceram e reportagens sobre o evento..não se mencionou mais ninguem a não ser estes dois. é pena.

Carlos Rico disse...

Caro Gevan:
Como responsável do salão de banda desenhada de Moura (promovido desde há 15 anos pela Câmara de Moura) não posso deixar de tecer algumas considerações sobre os seus comentários.
A primeira de todas tem a ver com a idade dos participantes no nosso concurso que, como sabe, não tem qualquer limite. Pode-se argumentar que os concursos são uma boa maneira de os autores mais novos se promoverem (e concordo em absoluto) mas a verdade é que a maioria dos concursos de BD limitam a idade dos autores até aos 30 anos! Pergunto: será que um autor com 35 anos é velho? Qual é o limite aceitável? E porque é que a idade tem de ser um limite? Eu conheço muitos autores sexagenários que desenham pior que muitos autores com 15! Não será que o nosso concurso poderá ser uma mola impulsionadora para muitos autores, chamados "velhos", terem um pretesto para criarem banda desenhada (uma vez que as nossas editoras não lhes ligam?)...
Ainda assim, e tendo em atenção algumas "reclamações" semelhantes, criámos um prémio para autores mais jovens (designado precisamente Prémio Juventude) que tivemos a oportunidade de atribuir a uma jovem autora bejense de 14 anos(!). O que se passa (e aqui vou responder à segunda parte das suas observações) é que provavelmente você consultou um blogue ou um jornal onde, infelizmente, apenas se deu destaque (com fotografia) a quem venceu na categoria de Banda Desenhada e no escalão mais alto (a propósito, o nosso concurso está dividido em dois escalões, para que ninguém se possa queixar de competição desleal...). É pena, até porque já fomos criticados por sermos um salão demasiado virado para "a terceira idade" e dar pouco destaque aos autores da nova geração...
Uma coisa é certa: ninguém conseguirá nunca agradar a gregos e a troianos. Por isso mesmo, vamos continuar a seguir a nossa filosofia, aceitando, contudo, todas as criticas e sugestões para que, em conjunto, se possa chegar a um modelo, não direi perfeito mas, pelo menos, minimamente aceitável.
Um abraço e... participe no nosso próximo concurso, se puder. De certeza que está dentro do limite de idade...

Geraldes Lino disse...

Caro Carlos Rico: Fiquei triplamente satisfeito ao constatar que afixaste aqui um comentário-resposta.
Primo: Porque verifico que continuas a ser visita (sempre bem-vinda) do meu blogue;
Secondo: Saúdo a tua permanente actividade em prol das iniciativas culturais ligadas a Moura, tua terra.
Tertio: Porque ninguém melhor do que tu para esclarecer o Gevan das razões que justificaram a vossa(organizadores do Salão Internacional de BD de Moura) opção de alargar o âmbito etário, de forma a possibilitar, e desafiar, os veteranos (alguns já de créditos firmados) a concorrerem ao vosso concurso.
Mas, já agora, também eu deixo aqui uma dica:
Por que não criar um escalão etário dos 30 anos de idade em diante, sem limite?
Assim já não colidiriam com autores mais novos...

gevan disse...

Olá Geraldes Lino e Carlos Rico.
Agradeço a vossa resposta, é bom ver que dão atençao e reparam ao que escrevo. Significa que costumam ler todos os comentarios que por aqui aparecem (sim..porque até nem acho que deixe aqui comentarios mt pertinentes..apenas duvidas minhas).
Queria dizer-vos que eu nao critico pessoas com idade mais avançada de participarem nos concursos. Antes pelo contrario! Acho que quanto maior variedade de idade mais intercambio de ideias podem surgir. E também nao defendo diferentes escalões de idade (nao considero a idade importante). O que apenas criticava (mais em tom de desabafo) é não ver nenhum incentivo a surgir novas potencialidades..vejo sempre os mesmos a ganhar concursos ou a surgir em exposiçoes..e por vezes é dificil alguem "desconhecido" ter uma oportunidade.

Quanto a Moura BD. Apenas fiquei desiludido pois pude ver em vários locais várias fotos e reportagens acerca do evento mas apenas davam atenção aos dois vencedores do escalão mais alto (podendo até dizer que apenas referiam estes dois). Parecia que não tinha existido mais vencedor nenhum..Dá a impressão que não havia o tal escalão juvenil..não houve os concursos de escolas..nao houve menções honrosas..e não houve outros escalões..
Apesar d tudo nao quero que pensem que não gostei do evento!..Eu participei e gostei muito de lá ir. Espero que continuem a realizá-lo por muitos mais anos! E Felicito a Camara de Moura por apostar nesta arte que muitas vezes não é dada importancia pelo povo portugues.

As minhas palavras apenas são recomendaçoes para melhorar o que eu acho que está menos mal. E é apenas uma opinião onde todos têm o direito de discordar.
Muito obrigado pela atenção e um abraço!

PS: Já agora quando sai o regulamento p o proximo concurso?

Carlos Rico disse...

Caros Lino:
A ideia de criar um escalão acima dos 30 anos é pertinente, de facto. Contudo, penso que não podemos começar a criar escalões a torto e a direito caso contrário corremos o risco de segmentar demasiado o concurso (para além de que o nosso orçamento não é inesgotável). Mas não deixa de ser uma sugestão a ter muito em conta. Prometo que vamos pensar no assunto...
Quanto ao Guevan:
Dá-me a sensação que entendeu o meu esclarecimento como uma espécie de "retaliação" ao seu comentário, o que não é verdade.
Apenas pretendi responder às suas dúvidas da maneira mais esclarecedora. Acho bem que se critique, que se opine, se dê sugestões, se coloquem dúvidas, porque ninguém é dono da verdade. Como disse, só em conjunto poderemos encontrar uma fórmula ideal, ou próxima disso.
Um abraço!

gevan disse...

Olá Carlos Rico.
Nao peguei nas suas palavras como retaliação..Peço desculpa se dei esse sentido.
Está tudo ok,
Apenas estava a tentar esclarecer o que tinha dito anteriormente.

Um abraço

PS: p quando o concurso de Moura bD? Gostava de começar já a pensar na historia..

Um abraço novamente

Carlos Rico disse...

Caro Guevan (e caro Lino, porque esta informação também lhe interessa, obviamente):
O salão Moura BD não se realizará este ano por motivos que têm sobretudo a ver com a alteração de datas do salão. Como sabe, normalmente o Moura BD decorria em Novembro que é um mês muito ingrato (o frio e a chuva do Alentejo são tão intensos quanto o calor...). A questão da mudança de datas já se colocava há algum tempo mas, desta vez é que é: o salão vai mesmo mudar de data (ainda não há confirmação para quando). Por isso mesmo, este ano será um ano de pausa quer para o salão quer para o concurso.
Um abraço

Anónimo disse...

Looking for information and found it at this great site... »

Anónimo disse...

Enjoyed a lot! » » »