sábado, outubro 31, 2009

Festivais, Salões BD e afins - (Amadora) - 20º Festival/2009 - Prémios Nacionais de Banda Desenhada



Imagens criadas pelo desenhador/artista Luís Henriques, sob argumento de José Carlos Fernandes, para a obra A Metrópole Feérica. Terra Incógnita - Vol. I, galardoada triplamente: Melhor Álbum, Melhor Argumento, Melhor Desenho


Em cima:
Imagens criadas pelo autor/artista de BD,
Edgar Pierre Jacobs (capa do álbum e duas páginas) da sua obra mais carismática, A Marca Amarela
, vencedora, por votação pública, na categoria de Clássicos da 9ª Arte, entre as obras editadas em Portugal em 2008


Em cima:
Imagens da obra A Teoria do Grão de Areia (capa do álbum e páginas), desenhadas por François Schuiten, sob argumento de Benoît Peeters, votado como Melhor Álbum Estrangeiro

PRÉMIOS NACIONAIS DE BANDA DESENHADA
Ver "post" anterior, onde consta a lista das obras e autores nomeados, de que saíram, por votação pública, os itens premiados abaixo indicados:

TROFÉU DE HONRA DA CIDADE DA AMADORA
ARTUR CORREIA

TROFÉU ESPECIAL 20 ANOS
MAURÍCIO DE SOUSA

Melhor Álbum Português
A Metrópole Feérica. Terra Incógnita - vol. 1
Autores: Luís Henrique (desenho), José Carlos Fernandes (arg.) - Ed. Tinta da China

Melhor Argumento para Álbum Português
A Metrópole Feérica. Terra Incógnita - vol.1
Argumentista: José Carlos Fernandes

Melhor Desenho para Álbum Português
A Metrópole Feérica. Terra Incógnita - vol.1
Desenhador: Luís Henriques

Melhor Álbum Estrangeiro
A Teoria do Grão de Areia
Autores: Schuiten (desenho), Peeters (argumento) - Edições ASA
NOTÍCIA DE ÚLTIMA HORA:
François Schuiten e Benoît Peeters estarão na Amadora, para receber os galardões, no próximo domingo, dia 8 de Novembro
Melhor Álbum de Tiras Humorísticas
Cão Fedorento
Autor: Mike Peters - Gradiva Publicações

Melhor Ilustração para Literatura Infantil
Canta o Galo Gordo
Ilustradora: Cristina Sampaio - Editorial Caminho

Clássicos da 9ª ArteA Marca Amarela
Autor: Edgar P. Jacobs - Edições ASA/Público

Fanzine
Venham+5
Editor: Câmara Municipal de Beja/Bedeteca de Beja
Coordenador: Paulo Monteiro

Prémio Juventude
A Teoria do Grão de Areia
Autores: Schuiten (desenho), Peeters (arg.)
-------------------------------------------------
Os visitantes eventualmente interessados em ver as postagens anteriores relacionadas com o tema "Festivais de Banda Desenhada e Prémios espectivos", podem fazê-lo clicando no item indicado aqui por baixo, no rodapé

10 comentários:

pampam disse...

Ao prémio "Clássicos da 9ª Arte" concorrem 3 séries (Clorofila, Jonathan e Luc Orient) e 2 álbuns (Eternus 9 e Marca Amarela).

Parece-me bizarro misturar as duas coisas.

João Figueiredo disse...

Até que ponto a hegemonia da Metrópole Féerica se justificou? A Essência (o único album a concurso que conheço, da "Metrópole" conheço quase nada, só as obras anteriores dos dois autores) é um bom album, talvez merecesse o prémio de Melhor Album, pois está bem equilibrado (relação argumento / desenho /edição). Mas também, como disse, não conheço os outros albuns a concurso o suficiente para ajuizar isso.
Parabéns aos vencedores.
Quanto ao prémio "Clássicos da 9ª Arte", talvez seja muito subjectivo (concordo com o que diz o pampam) e a escolha muito complicada, porque qualquer um a concurso teve a sua importância na BD o suficiente para ganhar o prémio.

João Pedro Dinis disse...

Pessoalmente apostei que a "Formula da Felicidade" ganhava pelo menos melhor desenho e argumento.
Ao não ganhar nada falei com alguns responsáveis da Amadora que me contaram que o voto era feito por profissionais de BD(?) e qual não é o meu espanto quando descobri que a estes nem sequer eram fornecidos os livros a concurso, tendo a maioria deles de comprar as obras para as conhecer.
Sendo assim estes prémios parecem-me apenas meras consultas de popularidade dos autores, votando-se apenas nos nomes de quem se gosta/conhece melhor.

Anónimo disse...

Caro J.P.
há aí qualquer coisa que não está bem, segundo soube a organização até nem faz nada, os autores ou editores é que tem que mandar 6 exemplares para a organização. Um exemplar vai para uma biblioteca, e os outros são distribuidos um para cada juiz.
Agora, se eles os lêem ou não, não sei, mas ficam com um exemplar gratuito.

muita discussão já há por aí se os juizes é que deviam pesquisar/ler o mais possivel

João Pedro Dinis disse...

Caro anónimo,

tanto quanto sei isso é apenas para a fase de apreciação das obras, ou seja, para escolher os 5 nomeados em cada categoria, depois vigora a confusão que expliquei em cima e que dá a tudo isto tanta credibilidade como a de uma sondagem daqueles programas dúbios de opiniões na TV.

Anónimo disse...

nesse caso não concordo com a actual votação, então são profissionais da BD que são convidados a responder a um email com a lista dos nomeados?
para quê juizes??
Agora só me interessa o premio do Público, este ao menos vota no que gosta/leu

Anónimo disse...

alias, premio Juventude

João disse...

Na minha opinião a pesquisa devia ser dupla:
O Festival devia pesquisar livros lançados (são assim tantos?) e não esperar que os mandem.
E quem vota ler os livros ou não votar...

Já agora eu apostava na Fórmula da Felicidade também, surpreendeu-me imenso, coisa que a Metrópole não fez, se calhar por estar mal habituado...
Parabéns a todos os vencedores, de qualquer modo (e excelente notícia a vinda de Shuiten/Peeters)

Bongop disse...

Existe uma razão para eu não ligar nada a este prémio de BD que apelidam de "Nacionais", porque tem tudo menos de nacional... Chamem-lhes prémios Amadora BD apenas!
Achei completamente estranho este triplo triunfo da "Metrópole Feérica"... tenho todos os livros que estiveram a concurso e penso que tanto "A Essência" como a "Fórmula da Felicidade" são bastante superiores à "Metrópole" como Banda Desenhada. Não estou a pôr em causa a qualidade da "Metrópole Feérica", pois achei este livro bastante bom, mas é um livro que está no limite entre a BD e a ilustração. Os outros dois livros que referi são BD pura e boa. Aliás, não menosprezando os outros, achei que a "Fórmula da Felicidade" iria ganhar sem dificuldade. Mas quem sou eu... não sou um "erudito" da BD, portanto não percebo muito do assunto.
Quanto ao processo de como decorre a selecção e eleição do melhor... enfim... não lhe chamem "Nacional" porque é tudo menos isso!

Bongop disse...

Bem... não disse anteriormente que estou a gostar do Amadora BD propriamente dito, mas estou! Gostei das exposições, dos autores, dos lançamentos e conferências a que fui, dos livros que saíram e foram promovidos durante o evento, do convívio com pessoas que só vejo de tempos a tempos e das compras que fiz.
Não gosto do sistema de prémios, e este ano não gostei da zona comercial.
Acho o saldo positivo para mim como visitante.

Abraço