segunda-feira, abril 30, 2012

Tertúlia BD de Lisboa



-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------



--------------------------------------------------------------------------------
ENCONTRO ESPECIAL DA TERTÚLIA BD DE LISBOA
(334º Encontro - Ano XXVI)
 HOJE HÁ PALESTRA
   Palestrante: RUI ZINK
Título da palestra: "BECOS E AVENIDAS DA BD"

Este encontro especial da Tertúlia BD de Lisboa realiza-se, como habitualmente, no Parque Mayer (restaurante A Gina).

Inicia-se às 20h00, pelo jantar (o qual é pago individualmente, pormenor invulgar e especialmente precioso nos tempos de crise que correm).

A seguir efectua-se a 2ª parte, que se compõe de um Sorteio Interactivo de Banda Desenhada (interactivo porque as peças - álbuns, revistas, fanzines ou até desenhos originais - são oferecidos pelos participantes, sendo alguns deles depois os contemplados com peças diferentes).

Por fim haverá o momento de tertúlia propriamente dito, desta vez com uma palestra a cargo de Rui Zink, argumentista de banda desenhada e escritor.
------------------------------------------------------------------------------ 
Rui Zink
Autobiobibliografia

Rui Zink (Lisboa, 1961) publicou mais de 30 livros, de todos os géneros e feitios, alguns dos quais de BD - ou tocando a BD. São eles, com:

a) António Jorge Gonçalves: A Arte Suprema (1997), Rei (2007), VIH, o bicho da sida (2009), O Grupo do Leão (2010).

b) Manuel João Ramos: Há carros nos passeio (2002), Major Alverca (2003), O bebé que não gostava de televisão (2004), O bebé que não sabia quem era (2004), O bebé que fez uma birra (2005).

c) Luís Louro: O Halo Casto (2000).

Em 1994 publicou Homens-Aranhas, livro de contos que tocava, sem desenhos, o universo da BD - excepto a história "Noites Longas" com André Carrilho.

Foi editor de O Inimigo (1994). Em 1997 defendeu a sua tese de doutoramento sobre BD portuguesa Literatura Gráfica, em 1988 o mestrado sobre o Humor de Bolso de Vilhena.

Em 1987 com o grupo Felizes da Fé fez um espectáculo chamado Banda Animada, com Fernando Aguiar escreveu o (à letra) maior romance português, A Escada de Pedra, nas escadarias do museu Dr. Santos Rocha na Figueira da Foz. Escreveu o argumento para a animação 3D Karma de Telo Martin (2002).

O seu trabalho está traduzido numa dúzia de países, e deu palestras sobre BD nos EUA, Japão, Inglaterra, Israel, etc.

É amigo e admirador de algumas pessoas no meio da BD, antipatiza e é antipatizado saudavelmente com/por outras tantas. Nada de excessivamente grave, c'est la vie.

R.Z.  
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Participantes neste encontro da TBDL
(Lista elaborada "a posteriori")

1. Adelina Menaia
2. Aida Teixeira aka "Diabba"
3. Alexandra Fernandes
4. Alexandre Rodrigues
5. Álvaro
6. Ana Saúde
7. Antero Valério
8. António Isidro
9. Carlos Páscoa
10. Cristina Amaral
11.Falcato
12. Geraldes Lino
13. Helder Jotta
14. Hugo Teixeira
15. Isabel Viçoso
16. Joana Andrade
17. João Amaral
18. João Figueiredo
19. João Sequeira aka JAS
20.João Marques
21. José Mantas
22. Manuel Valente
23. Miguel Ferreira
24. Milhano
25. Moreno
26. Nuno Amado aka Bongop
27. Nuno Leitão
28. Nuno Neves aka Verbal
29. Paulo Marques aka Estranho
30. Pedro Bouça aka Hunter
31. Rechena aka Dona Zarzanga
32. Rui Batalha
33. Rui Domingues
34. Rui Moura
35. Rui Zink
36. Sá-Chaves, João Paulo
37. Sofia Amado
38. Vidazinha, Ana
39. Vítor Nascimento
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Os visitantes interessados em ver as anteriores postagens poderão fazê-lo clicando no item Tertúlia BD de Lisboa, incluído em rodapé

Sem comentários: