quarta-feira, novembro 30, 2005

Gonçalo Garcia - Um jovem autor de BD que desaparece


Devido a doença prolongada e impiedosa, faleceu hoje, 30 de Novembro, Gonçalo Garcia.

O velório é hoje à noite, e amanhã às 10h, na igreja de Stº António, Nova Oeiras.
O funeral partirá amanhã às 14h daquela igreja, junto às palmeiras, para o cemitério de Trajouce.

A sua esposa Alice e restantes familiares, as condolências da "família" bedéfila.


Gonçalo Garcia nasceu em Lisboa a 14 de Janeiro de 1972.
Na Banda Desenhada participou em várias exposições, do IPJ ou organizadas por ele próprio.

É autor completo (argumento e desenho) das obras em banda desenhada "Neve Carbónica" e "SAD Rent-a-player" publicadas em álbuns, e "Valentim, l'enfant terrible" no fanzine Tertúlia BDzine.

Foi Convidado Especial da Tertúlia BD de Lisboa em Abril de 2001

4 comentários:

Carlos Rico disse...

O Gonçalo participou em algumas edições do Concurso de BD e "Cartoon" de Moura. Não o conhecia pessoalmente mas conhecia perfeitamente o seu traço (aliás, bastou-me olhar para as ilustrações que estão no post para o identificar de imediato).
Que descanse em paz.

Geraldes Lino disse...

Sim, é fácil de identificar o estilo de G. Garcia, porque ele era grande admirador de Franquin, na fase das "Idées Noires"

Luís Graça disse...

O meu coração vai ficando cheio de fissuras, com estas notícias, a um ritmo alarmante.
O Gonçalo foi um tertuliano que se integrou facilmente e com entusiasmo no espírito da Tertúlia BD de Lisboa.
Nunca estamos preparados para ver desaparecer alguém tão novo.
Um abraço muito estreito para a Alice.
As palavras vão-me faltando.
Na Tertúlia forjam-se amizades, na Primavera das descobertas.
Quando chega o Outono das despedidas ficamos sempre sem saber o que dizer.

Diogo Valadas disse...

Arrepia quando isto acontece. Perdeu-se um grande artista. É pena não se lhe ter dado o reconhecimento que ele merecia