segunda-feira, novembro 14, 2005

Tertúlia Lisboa dos Fanzines - Convívio de 15 Nov



Tertúlia Lisboa dos Fanzines

Local: Bar "Estádio", Rua. S. Pedro de Alcântara (Bairro Alto) - das 22 às 23h00

Como acontece há já alguns anos, os editores de fanzines de Lisboa e arredores juntam-se para convívio e troca de impressões acerca de alguns fanzines. Uns, por terem sido editados ultimamente, outros por algum inesperado pormenor, gráfico ou editorial.

A tertúlia de amanhã incidirá sobre:

1. O fanzine das Xornadas, editado em Ourense, Galiza.
Trata-se de excelente zine espanhol (ver a capa acima reproduzida), cujo número mais recente me foi trazido pelo amigo Paulo Monteiro, de Beja - que esteve presente nos Encontros de Banda Desenhada de Ourense, organizados pelo fanzinista e bedéfilo galego Henrique Torreiro.

2.Efeméride, fanzine editado em Lisboa, como homenagem à personagem Little Nemo, de Winsor McCay.
Servirá de tema para troca de impressões com alguns dos autores que nele participaram, devolução de CD's e entrega de exemplares a quem não esteve no lançamento realizado no Festival Internacional de Banda Desenhada da Amadora.

A seguir, se os resistentes estiverem virados para aí, vai-se até ao bar do Teatro "A Barraca", onde há umas excelentes tostas mistas, além de variados espectáculos gratuitos (récitas de poesia e assim).

Lá estão também, e vale a pena ver, quatro pranchas originais de Pedro Massano, que farão parte do seu próximo álbum, já aqui se fez menção a esse projecto, no "post" intitulado "Teatro na BD"

6 comentários:

JotaEme disse...

Bom... tostas mistas... se entretanto não estiverem esgotadas, não é? ;)))

Geraldes Lino disse...

É:-(

Sara Figueiredo Costa disse...

Caro GEraldes Lino,

gostaria de saber onde será possível adquirir o fanzine das Xornadas de BD de ourense. Pode dar-me essa informação?
Obrigada,
Sara

Geraldes Lino disse...

Sara. este exemplar foi o Paulo Monteiro, de Beja, que mo trouxe. O mais que posso fazer é fornecer o endereço, mas por acaso agora não tenho aqui o fanzine, estou num "cybercafé".

Geraldes Lino disse...

Olha, J.M. Por acaso ontem havia belas tostas mistas, perfumadas com orégãos, lá no Teatro A Barraca. Fui com o Rafael Gouveia, editor do fanzine "Carneiro Mal Morto". Às terças feiras é dia de recital de poesia, a partir da meia-noite. Não gostámos de toda a poesia que ouvimos, mas teve piada o serão pós Tertúlia Lisboa dos Fanzines.

Sara Figueiredo Costa disse...

OK, se puder ser, agradeço muito. É que vivi em Santiago de Compostela, desde aí, tenho acompanhado a cena bedéfila galega. Mas não consgeui encontrar o fanzine entre os amigos galegos que mo poderiam enviar pelo correio. Se me der a morada, escrevo para lá a encomendá-lo.
Obrigada!

Sara