quinta-feira, novembro 03, 2005

Festivais, Salões BD e afins - Salão Internacional de Banda Desenhada do Porto - Evocação virtual


Cartaz da autoria de Rui Duarte

Quatro anos após se ter realizado o derradeiro Salão Internacional de Banda Desenhada do Porto - SIBDP, um grupo de bedéfilos nortenhos resolveu comemorar os vinte anos decorridos desde a data do 1º Salão até hoje.

Essas comemorações serão levadas a efeito entre 5 e 26 de Novembro, e terão um aspecto original: será organizado um "Salão" cujas exposições decorrerão totalmente no espaço da "Internet".

Portanto, já no próximo fim-de-semana, teremos de novo o Salão Internacional de Banda Desenhada do Porto. Mas, atenção. Ninguém se dirija ao bonito Mercado Ferreira Borges, porque, já ficou claro que o evento apenas estará ao alcance dos internautas.

A chave para abrir a porta do Salão tem um aspecto familiar a quem usa a Net:
www.sibdp.com (a partir de 5 de Novembro)

Basta pois esta hodierna versão da clássica frase "Abre-te Sésamo", para se entrar na caverna da Banda Desenhada em versão ciberespacial.

Lá se irão encontrar as versões para o cartaz desta muito especial 12ª edição, da autoria de um valioso naipe de autores/artistas portugueses da BD, entre veteranos e novos:
Arlindo Fagundes e Fernando Relvas, dos primeiros; João Fazenda, José Carlos Fernandes, Miguel Rocha, Pedro Brito, Pedro Morais, Rui Ricardo, dos segundos.

Dos autores internacionais que estiveram presentes, em carne e osso, no Salão "físico" do Porto, voltar-se-á a apreciar o traço e a cor - mas desta vez em exposições digitais -, de Miguelanxo Prado, Schuiten e Peeters, Peter Kuper, Don Rosa, Baru, Berberian, Étienne Davodeau, Lewis Trondheim, James Kochalka, Max, e vários outros, de um conjunto de autores que mostraram obra ao longo das pretéritas onze edições.

Festeje-se, portanto, este Salão "virtual".

Trata-se de uma original ideia, que permitirá aos bedéfilos mais recentes uma visita retrospectiva ao que de melhor aconteceu no Porto, naqueles felizes anos em que se erguia, com esforço físico, um Salão verdadeiro de pranchas de papel e tinta, por um grupo de (então) jovens, alguns dos quais, arquitectos dos salões iniciais, conheci pessoalmente (olá Paulo Amorim, Manuel Pizarro, Pedro Cleto, Paulo Jorge, saravá!), vários deles activistas culturais da Casa de Jovens de Ramalde, sob cujo apoio editavam um interessante fanzine, o "Comicarte".

Nesse fanzine, e na sua feição aglutinadora de amizades e ideias, nasceria a ideia da criação do Salão de Banda Desenhada e do Fanzine, nome inicial do evento.

Claro que todo o trabalho que agora for realizado não poderá ficar em exclusivo no espaço acessível apenas aos internautas, pelo que, no próximo ano será editado um livro sobre o historial do SIBDP.

4 comentários:

Anónimo disse...

Nice Blog!!!   I thought I'd tell you about a site that will let give you places where
you can make extra cash! I made over $800 last month. Not bad for not doing much. Just put in your
zip code and up will pop up a list of places that are available. I live in a small area and found quite
a few. MAKE MONEY NOW

Anónimo disse...

Sony will offer a copy-protection patch
After a chorus of criticism, Sony Corp.'s music division said Wednesday it is distributing a free software patch toreveal hidden files that automatically installed to hard drives when some of its music CDs were ...
Find out how to buy and sell anything, like things related to company construction mn road on interest free credit and pay back whenever you want! Exchange FREE ads on any topic, like company construction mn road!

Anónimo disse...

I must say you do a fine job of maintaining this blog. It's very good and I'm learning a lot from you. Thanks.

please don't stop the great work you're doing.
my friends website is just starting > small house dogs (nothing special really... might be useful if you like dogs)

Good work! see ya.

Anónimo disse...

Guardian Unlimited | Special reports | Mandela comics aim to get children reading

Associated Press in Johannesburg
Saturday October 29, 2005
The Guardian


Nelson Mandela launched the first edition yesterday of a series of comic
books about his life aimed at encouraging young South Africans to read.
"You know you are really famous when becoming a comic character," the
87-year-old joked at his Nelson Mandela Foundation in Johannesburg.
The nine books are part of a series of initiatives aimed at preserving Mr
Mandela's legacy. A million copies will be distributed free at schools and
in newspapers.

Mr Mandela spent 27 years in prison for opposing white-minority rule and
became South Africa's first black president in 1994.