quinta-feira, setembro 07, 2006

Improvisos de Banda Desenhada na toalha de mesa (I) - Autor(a): Joana Lafuente

Uma pequena bd, ao estilo da banda desenhada japonesa (a chamada mangá) da autoria de Joana Lafuente

Como costumo dizer, a Tertúlia BD de Lisboa é o local onde se junta, uma vez por mês, o maior número de autores de banda desenhada por metro quadrado.
Joana Lafuente, uma jovem apaixonada pela mangá (como leitora e como autora), costuma, como grande parte dos que participam na tertúlia, passar o tempo a desenhar na toalha (de papel, obviamente) de mesa. Foi exactamente à mesa (do restaurante/"espaço tertuliano") que, quando eu ia a passar, reparei nas pequenas imagens desta mangá a que a autora pôs o título de Dream Machine.
Fazendo aqui um parêntesis: Eu até já editei dois pequenos fanzines (um, formato A6, "Improvisos na toalha de mesa", de que sairam dois números; o outro, mais pequeno ainda, em formato A8, cujo título é bem sintomático, "anãozine") ambos recheados com ilustrações e bedês que aproveitei (é só rasgar a toalha aos bocados...) resultantes de improvisos realizados, quase instintintivamente, por muitos dos autores/artistas que frequentam aquela tertúlia por mim organizada.
Mas agora, com o blogue (uma forma bem mais expedita e de maior projecção pública), resolvi trazer para aqui algumas dessas improvisações gráficas, por vezes brilhantes, como esta da Joana. Elas e eles, artistas da BD, e respectivos desenhos esgalhados alegremente (quem faz um desenho fá-lo por gosto :-) merecem, no mínimo, uma exposição virtual, como a que aqui vai passar a acontecer.

5 comentários:

Maria Lua disse...

Olá,

Por falar em desenhos feitos em toalha de mesa, visite o blog da Rute Reimão (http://www.flickr.com/photos/reimao/) e observe o magnífico talento dela nesses bocadinhos de papel!
Obrigado por todas as dicas que nos vai oferecendo.

Geraldes Lino disse...

Olá, Maria Lua (que pseudónimo tão bonito!
Obrigado pela sugestão, já fui visitar o blog (ou será antes um "site?") e, claro, fiquei quase emocionado com alguns dos desenhos improvisados.
Eu tenho dezenas de desenhos para meter nesse fanzine de que falei no "post" (só não disse o título, ainda vou acrescentar) aliás tenho dois fanzines com esse tipo de desenhos feitos quase instintivamente: um deles é o "Improvisos na toalha de mesa" (2 nºs publicados), em formato A6; o outro, ainda mais pequeno (A8) é o "anãozine".

naritaRUC disse...

Gostei também dos desenhos da Rute.

Em relação à Joana Lafuente, penso que ela é uma das melhores artistas nacionais a desenhar o estilo mangá. Gosto muito do trabalho dela. Espero ansionsamente poder um dia ler um mangá dela editado como deve ser.

Geraldes Lino disse...

Por agora, a Joana Lafuente vai fazendo as mangás, perdão, as bandas desenhadas ao estilo japonês, para editar em fanzines, que são uma forma muito digna de se editar BD- e bem mais livre de amarras económicas.

Hugo Jesus disse...

Só queria dizer que a Joana é a artista portuguesa que desenha ao estilo mangá que mais aprecio!

Força, Joana! ;)
'Tá tudo dito!

www.centralcomics.com