domingo, outubro 22, 2006

Debate sobre Banda Desenhada - Local: Sociedade Portuguesa de Autores - Tema: Banda Desenhada: O Mundo aos Quadradinhos

Dia 23, 2ª feira, pelas 18h30, haverá um debate sob o título Banda Desenhada: O Mundo aos Quadradinhos, na Sociedade Portuguesa de Autores - SPA (Av. Duque de Loulé, 31), no auditório Frederico de Freitas tendo por tema a BD.

Este evento insere-se no âmbito de actividades culturais promovidas pela citada entidade, uma série de índole semelhante, cabendo nela colóquios, conferências, debates e palestras incidindo sobre temas diversificados, onde colabora a revista Os meus Livros e o seu director, João Morales.

O presente debate será composto pelo seguinte painel de individualidades com variadas ligações à BD:
António Jorge Gonçalves, autor-artista de nomeada na BD portuguesa;
Maria José Pereira, directora editorial das Edições ASA;
Sara Figueiredo Costa, crítica literária e de BD;
Pedro Silva, editor (Vitamina BD) e livreiro (Livraria BdMania).

7 comentários:

João Morales disse...

Só uma pequena rectificação: o painel inclui António Jorge Gonçalves, autor da trilogia de Filipe Seems, e não Pedro Moura

Sara Figueiredo Costa disse...

Já agora, outra correcção: eu chamo-me Sara Figueiredo Costa, e não Sara Figueiredo Lopes.

Geraldes Lino disse...

Tem toda a razão, Sara Figueiredo Costa.
De resto, corrigi o texto 2ª feira, muito antes da hora do debate. Mas, claro, é sempre desagradável vermos o nosso nome adulterado.
Peço imensa desculpa.
Afinal, disto tudo ainda resulta, para mim, um aspecto positivo: tenho visitantes exigentes e atentos.

Luís Graça disse...

Ó Geraldes Gino:
Isso dos nomes não tem importância nenhuma.
Mas compreendo que a Lara Figueiredo Costa se possa preocupar.
Um abraço do Luiz Praça.

Luís Graça disse...

Lá fui, cantando e rindo, para o debate. Que decorreu sem surpresas. Infelizmente, o realismo-pessimismo do Geraldes Lino é o espelho da nossa realidade.
Há muitos anos que ouvimos falar de crise na BD, mas agora o panorama está mais soturno que nunca. Os leitores estão mesmo a desaparecer.
O que eu não sabia é que nunca tinha havido um sucesso Manga. Fiquei espantado quando o Pedro Silva o confessou.
Também fiquei feliz pelo António Jorge Gonçalves, que (quase) consegue manter a boa disposição perante estes tempos. Como ele confessou, no final do debate também se sentiu um pouco "apanhado pelo clima".
E também fiquei surpreendido com a raiva que o Pedro Moura tem ao Michel Vaillant. Ou pareceu ter.

Geraldes Lino disse...

Olá Ruiz Traça
Tens razão em parte, mas é compreensível que, quando se fala (ou escreve) a sério, se tenha de ter cuidado com a correcta nomeação. Só que, na altura de "afixar" o "post", não tinha comigo o programa e, distraidamente, troquei Costa por Lopes, embora até já conheça pessoalmente a Sara Figueiredo Costa. E aproveito até este "dize tu, direi eu" para expressar, publicamente, a minha admiração por ela, por dois motivos: faz boa crítica sobre banda desenhada (e não só) na revista "Os Meus Livros", e tem um blogue (em parceria com uma amiga) também sobre BD, ambas coisas invulgares quando se olha para o exíguíssimo naipe de mulheres a trabalharem na BD, e para a BD.

Luís Graça disse...

É verdade, sim senhor.
Tenho seguido o blogue e a escrita na revista.