sábado, junho 30, 2007

Tertúlia BD de Lisboa - Ano XXII - 274º Encontro

Prancha da obra A Aventura de Cabral ou A Invenção do Brasil, da autoria de António Martins, autor que vai ser homenageado no 274º Encontro mensal da Tertúlia BD de Lisboa

António da Silva Antunes Martins nasceu em Tomar, estava-se em Janeiro de 1949. Possui o curso de Pintura da que na época se chamava Escola de Artes Decorativas António Arroio.
Na Banda Desenhada tem a seu crédito duas obras editadas em álbum:
1- A Aventura de Cabral ou A Invenção do Brasil;
2 -Salgueiro Maia, o Rosto da Liberdade
E em revistas e jornais:
Em 1994 fez BD para a revista mensal Activa, em episódios autoconclusivos de uma prancha, a cores, durante seis meses;
Em 1998, entre 10 de Junho e 13 de Julho, fez uma banda desenhada em 34 tiras diárias, sob o títutlo "Vacanças", tendo por tema o Campeonato do Mundo de Futebol, realizado em França esse ano, para o jornal 24 Horas.
Também já colaborou nos jornais A Capital e Expresso.
Tem feito, recentemente, para a revista Visão Júnior, estupendas ilustrações com erros propositados (anacronismos, por exemplo) para os leitores descobrirem onde estão.
--------------------------------------------------------
Nota: Foi da prancha acima reproduzida que nasceu a capa do álbum, aliás pouco conhecido, cujo título está indicado na legenda sob a imagem.
Para quem quiser ver essa capa, além de outra prancha dupla, e saber mais detalhes acerca da obra realizada por António Martins, basta fazer "scroll down", que logo aparecerá o "post" anterior a este.
---------------------------------------------------------
"Post" remissivo
Acerca da Tertúlia BD de Lisboa podem ser lidos outros textos nas datas:
2007 - Junho 5, Abril 27, Março 6
2006 - Dez. 19, Nov. 3, Set. 29, Set. 2, Jul. 28, Jul. 1, Jun. 3, Abril. 24, Março, 30, Março 2 2005 - Dez. 19, Nov.30, Out.28, Set. 29, Set.3, Jul. 31
O "post" de 2005, Julho 31, primeiro acerca deste tema, tem um texto bastante extenso onde se fica com uma ideia mais clara do que é e como funciona esta Associação Informal Tertúlia BD de Lisboa.

Álbuns de BD imprevisíveis e difíceis de obter (VI) - A Aventura de Cabral - Autor: António Martins

Capa do álbum A Aventura de Cabral ou A Invenção do Brasil, da autoria de António Martins

Já foi editado há uns anos, mas só agora veio ter à minha posse (graças à amabilidade de António Martins, seu autor).
Trata-se de um álbum em formato A4, encadernado com capa dura (cartonado, usando o termo técnico tradicional), todo em quadricromia, com 44 páginas.
A obra divide-se em duas partes, sendo a primeira a da banda desenhada propriamente dita, que ocupa dezanove páginas, e a segunda parte, onde se incluem textos, mapas e fotografias alusivas à parte histórica, como seja a descrição de Santarém na época de Cabral, abrange vinte e uma páginas (para quem fizer contas, as quatro que faltam para as 44 têm a ver com a página de rosto, a que inclui a ficha técnica, o texto de apresentação do Presidente da Câmara Municipal de Santarém, José Miguel Noras (não sei se o responsável autárquico ainda será o mesmo...), além de uma página-separador em branco.

Prancha dupla onde se vê Pedro Álvares Cabral, a observar a costa, a seis milhas de distância. Ao grande monte, muito alto e redondo, ele deu-lhe o nome de Monte Pascoal (por se estar na Páscoa), e a toda aquela terra que vai observando já deu o nome de Vera Cruz.

Excepto na primeira página, a obra está toda planificada e realizada por António Martins em pranchas/páginas duplas, um tratamento gráfico e estético inusitado.

Uma edição com muita qualidade da Câmara Municipal de Santarém. A peça está datada de Setembro de 2001, e não é indicada a tiragem.

Nota: António Martins vai ser o autor- artista homenageado pela Tertúlia BD de Lisboa na próxima terça feira, dia 3 de Julho, e tenciona levar dois ou três exemplares para o "sorteio interactivo de BD". Acerca desse evento, ler mais no "post" seguinte

sexta-feira, junho 29, 2007

Banda Desenhada portuguesa em revistas não especializadas em BD (XXI) - Gente Jovem - Autor: Algarvio

Prancha da série de banda desenhada Que cena, Rita!..., da autoria de Algarvio

Que cena, Rita!..., em pranchas a cores, constituiu uma série publicada na revista mensal Gente Jovem, desde Janeiro de 2004. Mas, por mudança de responsáveis na publicação, esta divertida série - muito bem desenhada por Alexandre Algarvio - chegou agora no mês de Junho ao fim, vai a citada revista no Ano 4, nº 44. É pena.
Diria mesmo mais: na minha opinião, as 41 pranchas publicadas mereciam ser recolhidas em álbum. Aqui fica a dica para os recém-chegados responsáveis editoriais da revista.

Nota: Do mesmo autor pode ver-se outro episódio desta imaginativa série Que cena, Rita!... num "post" datado de 2006, Março 3.

quinta-feira, junho 28, 2007

Banda Desenhada portuguesa nos fanzines (XIV) - Autores: Joana Lafuente (desenho), Miguel Ângelo Martins (argumento)

 
Reprodução da 2ª prancha da banda desenhada "Os Bons Velhos Tempos", onde são evocadas variadas personagens carismáticas da banda desenhada internacional. 
Autores: Joana Lafuente, autora das ilustrações, e Miguel Ângelo Martins, argumentista.

Mais duas pranchas da peça podem ser visionadas no meu outro blogue Fanzines de Banda Desenhada, no endereço
http://fanzinesdebandadesenhada.blogspot.com/

-------------------------------------------------

"Post" remissivo, onde são indicados textos anteriores dedicados ao mesmo tema 

(XIII)Junho 21 - Autor: Eduardo Teixeira Coelho, Fernando Bento, Vítor Péon
(XII) Junho 15 - Autor. Carlos Apolo
(XI) - Junho 9 - Autores: Estrompa (desenho), José Lopes (argumento)
(X) - Maio 21 - Autores: João Leal (desenho), André Oliveira (argumento)
(IX) - " 15 - Autor: Pedro Massano
(VIII) -Março 9 - Autor: Ferrand
(VII) - Jan. 6 - Autores: João Maio Pinto, Joana Figueiredo, Pedro Zamith, Filipe Abranches, André Lemos, J. Coelho, Pepedelrey, Chambel, Feitor & S.G.
2007 (daqui para cima)

(VI) Dez. 20 - Nuno Sarabando
(V) Nov. 24 - Autor: Paulo Monteiro
(IV) Nov. 12 - Autor: José Lopes
(III) Nov. 9 - Autores: Aires Melo (desenho), Daniel Maia (argumento)
(II) Nov. 1 - Autores: Rui Lacas, Pepedelrey, JCoelho, Pedro Nogueira, Renato Abreu
(I)Out. 14 - Autores: Pedro Figue (desenho), Daniel Maia (argumento)
2006 (daqui para cima)

segunda-feira, junho 25, 2007

Castelos na Banda Desenhada (XX) - Autor: Hergé - Centenário de Hergé (IX)

Castelo do episódio As Aventuras de Tintim. A Ilha Negra, da autoria de Hergé
Imagem global da página extraída da primeira edição portuguesa em álbum.

Capa do álbum cartonado (ou capa dura) sob chancela de Difusão Verbo, edição datada de 1988, que foi a primeira vez que se pôde ler, editadas em álbum, as aventuras de Tintin em português de Portugal. Antes disso, em álbum, apenas havia as edições da editora Record (e da pioneira, nessa área, Flamboyant), ambas importadas do Brasil, por conseguinte com legendagem em português na variante brasileira.

Vinheta original, a preto e branco (equivalente à colorida do topo deste "post"), extraída da edição fac-simile da Casterman, datada de 1987

(Uma curiosidade adicional: adquiri esta peça de colecção, um ano depois, a Vasco Granja; o preço, escrito nos grandes algarismos do Granja, lá está 3030, escudos, claro, um elevado preço na época.
Vasco Granja, além de trabalhar na Editora/Livraria Bertrand, era importador de BD nas horas vagas).


A página 88 do álbum da Casterman, equivalente, no álbum da DifusãoVerbo, à página 45. Com efeito, enquanto no álbum da editora belga, o episódio a preto e branco de L'Île Noire ocupa 124 páginas, o episódio A Ilha Negra, a cores, da editora portuguesa, já se apresenta na edição normalizada de 62 páginas.
A capa da edição sob chancela da belga Casterman, datada de 1987
--------------------------------------------------
"Post" remissivo
Castelos na Banda Desenhada é um tema criado em Novembro de 2005. Os dezanove "posts" estão nos meses a seguir indicados, na coluna Archives. Datas de publicação e nomes dos autores:

(XIX) Junho 10 - Fictício - Autores: Tanquerelle (desenho), Joann Sfar (argumento)
(XVIII) - Maio 17 - Silves - Autor: José Garcês
(XVII) - Abril 7 - Fictício - Autor: Coq (sob argumento de Goscinny)
2007 - Daqui para cima

(XVI) Dez. 13 - Fictício - Autor: Richard Felton Outcault
(XV) Nov. 16 - Lisboa - Autor: Artur Correia (sob argumento de António Gomes de Almeida) (XIV) Out. 4 - Santarém - Autor: Pedro Massano
(XIII) Agosto, 14 - Monsanto - Autor: Andreia Rechena
(XII) Agosto, 4 - Fictício - Autor: Carlos Roque
(XI) Julho, 13 - Sabugal - Autor: Manuel Morgado (sob argumento de Marcos Osório)
(X) Julho, 7 - Fictício - Autor: Bilal
(IX) Maio, 26 - Fictício - Autor: Walter Booth
(VIII) Abril 20 - Castelo de Almada - Autor: Victor Borges (sob argumento de J. Machado-Dias) (VII) Fev.10 - Fictício - Autor: F. de Felipe
(VI) Jan.18- Fictício -Autor: Moebius
(V) Jan.06- Fictício - Autor: José Morim
2006 (Daqui para cima)

(IV) Dez.22- Fictício - Autor: Harold Foster
(III) Nov.17 - Trancoso-Autor: Santos Costa
(II) Nov.10 - Faro-Autor: José Garcês
(I) Nov.7 - Fictício - Autor: António Vaz Pereira
2005 (Daqui para cima)

quinta-feira, junho 21, 2007

Banda Desenhada Portuguesa nos fanzines (XIII) - Eduardo Teixeira Coelho, Fernando Bento, Vítor Péon

Prancha de Eduardo Teixeira Coelho, na banda desenhada Falcão Negro. Tempestade no Forte Benton, publicada no jornal O Mosquito (1949)

Reproduzo pranchas de Eduardo Teixeira Coelho, Fernando Bento e Vítor Péon, três entre muitos dos nossos banda-desenhistas representados na obra O "Western" na BD Portuguesa, da autoria do estudioso Jorge Magalhães, editada em fanzine (mais propriamente, na modalidade fanálbum) pelo bedéfilo (em trabalho anónimo) Carlos Rico (sob a capa institucional da generosa e de mente arejada Câmara Muncicipal de Moura)


Prancha de Fernando Bento na banda desenhada Terras Malditas, reproduzida na revista Cavaleiro Andante (1962)

Prancha da banda desenhada Audaz, o "cow-boy" justiceiro, da autoria de Vítor Péonin revista Camarada, 1949

Nota: Mais umas palavras, ilustradas pela capa do fanzine, no meu outro blogue http://fanzinesdebandadesenhada.blogspot.com/

----------------------------------------------------------

"Post" remissivo, onde são indicados textos anteriores dedicados ao mesmo tema

(XII) Junho 15 - Autor. Carlos Apolo
(XI) - Junho 9 - Autores: Estrompa (desenho), José Lopes (argumento)
(X) - Maio 21 - Autores: João Leal (desenho), André Oliveira (argumento)
(IX) - " 15 - Autor: Pedro Massano
(VIII) -Março 9 - Autor: Ferrand
(VII) - Jan. 6 - Autores: João Maio Pinto, Joana Figueiredo, Pedro Zamith, Filipe Abranches, André Lemos, J. Coelho, Pepedelrey, Chambel, Feitor & S.G.
2007 (daqui para cima)

(VI) Dez. 20 - Nuno Sarabando
(V) Nov. 24 - Autor: Paulo Monteiro
(IV) Nov. 12 - Autor: José Lopes
(III) Nov. 9 - Autores: Aires Melo (desenho), Daniel Maia (argumento)
(II) Nov. 1 - Autores: Rui Lacas, Pepedelrey, JCoelho, Pedro Nogueira, Renato Abreu
(I)Out. 14 - Autores: Pedro Figue (desenho), Daniel Maia (argumento)
2006 (daqui para cima)

terça-feira, junho 19, 2007

Tintin em edições piratas - A m/ colecção (I) - Tintin en El Salvador - Tintin e Hergé (VI)

Capa do álbum Las Aventuras de Tintin - Tintin en El Salvador, datado de 1983

O nome do autor que aparece na capa é o do bem conhecido W. Vandersteen. Todavia, na pagina de rosto, o nome já é o de Martin Lodewijk. Naturalmente, nem um nem outro serão os "culpados" deste episódio apócrifo, em especial Willy Vandersteen, autor flamengo de nomeada, com obra divulgada entre nós na revista Diabrete, onde foi publicado o episódio intitulado, na versão portuguesa, O Fantasma Espanhol.
Página onde se inicia a obra "pastiche" que usa vinhetas de episódio verdadeiro, mas a que acrescenta uma vinheta desenhada propositadamente, de resto fazendo engraçado "raccord": na 7ª vinheta o Capitão Haddock imita a amiga, a cantora Bianca Castafiore, a que se segue a imagem, em picado, de um teatro de Ópera onde se "ouve" a continuação da célebre ária do Fausto, de Gounod, cantada agora pela "diva".
Curiosa prancha reproduzida na página 37 do álbum, em que introduz um texto descritivo substituto de imagens, que se subentende como forma estratégica de reduzir a extensão da banda desenhada.


Las Aventuras de Tintin - Tintin en El Salvador
Álbum brochado (*) - Formato A4 - Capa e contracapa a cores, 48 páginas a preto e branco
(*) Nota na ficha técnica: "Edición especial para coleccionistas de 3000 ejemplares y 100 en cartoné, numerados."
Data da edição: 1983
...........................................................................
Ver também a rubrica "Autor de BD a contracenar com o seu herói"
2006 - Abril, 18 - Hergé e Tintin

segunda-feira, junho 18, 2007

Gatos na banda desenhada portuguesa (I) - Gato Hórus - Autor: José Abrantes

Prancha do Gato Hórus, da autoria de José Abrantes

Por ter sido homenageado na Salão Internacional de Banda Desenhada - Moura BD 2007, José Abrantes teve direito a um número do fanzine Cadernos Moura BD. Por esse motivo podem ser vistas várias das suas personagens de banda desenhada, entre as quais o gato Hórus, reproduzido neste "post".
Mas quem quiser ver mais uma prancha do dito autor pode clicar no endereço abaixo
http://fanzinesdebandadesenhada.blogspot.com/
Claro que estou a imaginar alguns pares meus, isto é, gente que se move na área da BD, a comentar: "Mas na BD portuguesa praticamente não há gatos (exceptuando este Hórus), como personagens "pivot"!".
Estamos de acordo, mas sempre há episódios com o simpático felino, é com esses que conto para desenvolver esta rubrica. Estou a lembrar-me, por exemplo, de um gato que participa numa série intitulada Família Pipocas (o título é mais extenso, estou a citar de cor) divulgado na revista Senhor Doutor.
Aos gatófilos, não necessariamente bedéfilos, recomendo que visitem o blogue das minhas amigas Inês Ramos e Alexandra Gil, no endereço
http://queridos-gatos.blogspot.com/
Elas não são bedéfilas compulsivas, mas são suficientemente apreciadoras para seleccionarem "links" dedicados a vários bichanos da Banda Desenhada, como sejam os clássicos Felix the Cat, Fritz the Cat e Krazy Kat, mas também o Garfield, mais "fashion" neste momento.

domingo, junho 17, 2007

Álbuns de BD imprevisíveis e difíceis de obter (V) - Rackham le Rouge-Autor: Hergé - Centenário de Hergé (VII) - Tintin e Hergé (VII)

Capa do álbum editado em formato italiano, ao baixo e de pequenas dimensões (22,5x13,5cm), intitulado À la Recherche du Trésor de Rackam le Rouge, de Hergé.

Este álbum foi vendido na Bélgica, juntamente com o jornal Le Soir, na sua edição de 22 Maio 2007, pela importância de €9.95. Obtive-o graças à amiga Fanny Denayer, ex-dona da Livraria Dr. Kartoon, de Coimbra. A Fanny voltou a viver na Bélgica, seu país natal.


Página inicial do álbum agora editado, onde são reproduzidas as primeiras três tiras, em muito pequeno formato (cada tira 16,5x4cm) tendo cada vinheta as dim. 3,5x4cm


O citado álbum engloba a reprodução das tiras publicadas no jornal belga Le Soir, entre Fevereiro 1943 e 23 Setembro do mesmo ano, agora editadas, pela primeira vez, no formato e no tamanho original

A página inicial da mais recente edição portuguesa (Nov 2003, parceria jornal Público com a editora Difusão Verbo) correspondente às duas primeiras tiras acima reproduzidas.
-------------------------------------------------
"Posts" anteriores da rubrica "Álbuns de BD imprevisíveis e difíceis de obter"

(IV) Abril, 1 - Aquaventura em Almada - Autores: Carlos Laranjeira (desenho), Paulo Rebelo e Isabel Laranjeira (argumento)
(III) Fev. 9 - Everest - Autor: Ricardo Cabral
2007 (Daqui para cima)

(II) Set. 1 - As Bodas de D. Dinis e Isabel de Aragão em Trancoso - Autor: Santos Costa
(I) Ag. 8 - O Passeio de Inês - Autores: Carlos Rocha (desenho), José Carmo (arg.)
2006 (Daqui para cima)
---------------------------------------------------
"Posts" anteriores da rubrica "Centenário de Hergé"

(VI) Junho 16 - Selos e Banda Desenhada
(V) Junho 14 - Postais com BD - A m/ colecção - Autor: Hergé
(IV) Junho 13 - Tintim no fanzine Tertúlia BDzine
(III) Junho 12 - Tintin, herói de muitas Artes
(II) Junho 8 - BD Portuguesa em revistas não especializadas (XX) - Pedro Massano, José Carlos Fernandes, António Jorge Gonçalves
(I) Maio 22 - Hergé (1907-1989) - Centenário de Hergé
2007
-------------------------------------------------
Ver também a rubrica "Autor de BD a contracenar com o seu herói"
2006 - Abril, 18 - Hergé e Tintin

sábado, junho 16, 2007

Selos e Banda Desenhada (I) - Centenário de Hergé (V) - Tintin e Hergé (V)

A estupenda série filatélica editada pelos correios belgas, na data do centenário do nascimento de Hergé

Esta folha de selos corresponde à invulgar ideia de reproduzir as capas dos vinte e quatro álbuns (vinte e três acabados, mais um inacabado, como se sabe) nuns tantos idiomas em que foi traduzida a obra, colocadas em torno do rosto de Hergé, acabando por funcionar como se tratasse de moldura para o retrato do autor-artista.
Também os correios franceses editaram uma série filatélica, embora mais curta, dedicada a Hergé, optando pela reprodução de figuras de algumas das personagens Hergianas.

O principal estudioso desta ligação selos-banda desenhada é o crítico-estudioso-divulgador Pedro Cleto, que já comissariou mais do que uma exposição dedicada ao tema. Naturalmente que, para ele, este "post" não constituirá a mínima novidade. Como já será do conhecimento de todos os filatelistas-bedéfilos portugueses.
De qualquer forma, é mais uma achega para a rubrica "Centenário de Hergé" deste blogue.
---------------------------------------------
"Posts" anteriores dedicados ao tema "Centenário do nascimento de Hergé"

(V) Junho 14 - Postais com BD - A m/ colecção - Autor: Hergé
(IV) Junho 13 - Tintim no fanzine Tertúlia BDzine
(III) Junho 12 - Tintin, herói de muitas Artes
(II) Junho 8 - BD Portuguesa em revistas não especializadas (XX) - Pedro Massano, José Carlos Fernandes, António Jorge Gonçalves
(I) Maio 22 - Hergé (1907-1989) - Centenário de Hergé

sexta-feira, junho 15, 2007

Banda Desenhada portuguesa nos fanzines (XII) - Autor: Carlos Apolo

Prancha da banda desenhada Hello, New York
Autor: Carlos Apolo

Tomando como base um poema de José Maria Fonollosa para a sua sequência gráfica, Carlos Apolo demonstra um estilo forte, num claro-escuro bem vincado, a criar atmosfera de solidão condizente com o espírito do poema.
..................................................................................
Desta poesia em forma de banda desenhada podem ser vistas duas outras pranchas no blogue
http://fanzinesdebandadesenhada.blogspot.com/

-----------------------------------------------

"Posts" anteriores desta rubrica "BD Portuguesa nos fanzines" podem ler-se nas seguintes datas:

(XI) - Junho 9 - Autores: Estrompa (desenho), José Lopes (argumento)
(X) - Maio 21 - Autores: João Leal (desenho), André Oliveira (argumento)
(IX) - " 15 - Autor: Pedro Massano
(VIII) -Março 9 - Autor: Ferrand
(VII) - Jan. 6 - Autores: João Maio Pinto, Joana Figueiredo, Pedro Zamith, Filipe Abranches, André Lemos, J. Coelho, Pepedelrey, Chambel, Feitor & S.G.
2007 (daqui para cima)

(VI) Dez. 20 - Nuno Sarabando
(V) Nov. 24 - Autor: Paulo Monteiro
(IV) Nov. 12 - Autor: José Lopes
(III) Nov. 9 - Autores: Aires Melo (desenho), Daniel Maia (argumento)
(II) Nov. 1 - Autores: Rui Lacas, Pepedelrey, JCoelho, Pedro Nogueira, Renato Abreu
(I)Out. 14 - Autores: Pedro Figue (desenho), Daniel Maia (argumento)
2006 (daqui para cima)

quinta-feira, junho 14, 2007

Lisboa na Banda Desenhada (VII) - Arco da Rua Augusta - Tintin em Lisboa-Autores: C.Moreno (des.), C.Moreno e G.Lino (arg.) - Centenário de Hergé(VI)

Capa do fanzine Tertúlia BDzine (nº 28- Dez. 99) com o episódio Missão em Lisboa, um "pastiche" publicado como homenagem à série Hergiana, quando passavam setenta anos após a criação de Hergé em 1929

Os cenários lisboetas, estupendamente desenhados por C. Moreno, servem de base a um dos treze episódios (doze em banda desenhada e um em cartune) publicados no acima citado fanzine, editados para serem oferecidos aos participantes na Tertúlia BD de Lisboa.
 Imagem da entrada do Parque Mayer, vendo-se à esquerda a fachada do antigo teatro Variedades, actualmente desactivado, e vendo-se também figuras muito populares da BD europeia (Tintin, Capitão Haddock e Professor Tournesol) como visitantes

Tintin e o Capitão Haddock ouviram dizer que, algures no Parque Mayer, existe um local onde, mensalmente, se reúne o maior número de autores-artistas da Banda Desenhada por metro quadrado, isto em Lisboa. Daí que tenham vindo propositadamente à capital portuguesa, e que os vejamos à entrada do dito parque, onde participaram, embora fugazmente - com muita pena minha -, na Tertúlia BD de Lisboa. Como quer que seja, foi um momento virtual marcante.

--------------------------------------------------

"Post" remissivo
Deste tema Lisboa na Banda Desenhada podem ser vistas mais imagens na coluna "Archives" nas datas que a seguir se indicam:

(VI) Abril, 14 - Sé Catedral de Lisboa, a cores diurnas e nocturnas - Autor. António Jorge Gonçalves
(V) Março, 11 - Alfama, recantos do bairro lisboeta - Autor: Filipe Andrade
(IV) Fev. 9 - Bairro dos Olivais com espaços verdes à vista - Autor: Ricardo Cabral
2007 - Daqui para cima

(III) Julho, 18 - Terreiro do Paço submerso - Autor: António Jorge Gonçalves
(II) Junho, 19 - Elevador de Santa Justa - Autor: Zé Paulo
(I) Maio, 21 - Torre de Belém e Convento do Carmo vistos em picado - Autor: Victor Mesquita 2006 - Daqui para cima
-------------------------------------------
"Posts" anteriores dedicados ao tema "Centenário do Nascimento de Hergé"

(V) Junho 14 - Postais com BD - A m/ colecção (II) - Autor: Hergé
(IV) Junho 13 - Tintim no fanzine Tertúlia BDzine
(III) Junho 12 - Tintin, herói de muitas Artes
(II) Junho 8 - BD Portuguesa em revistas não especializadas (XX) - Pedro Massano, José Carlos Fernandes, António Jorge Gonçalves
(I) Maio 22 - Hergé (1907-1989) - Centenário de Hergé

Postais com BD - A m/ colecção (II) - Autor: Hergé - Centenário de Hergé (V) - Tintin e Hergé (V)

Postal de origem espanhola com reprodução de tira protagonizada por Tintim.
Medidas do postal: 15,3x12cm



Verso do postal

No "post" inicial desta nova rubrica expliquei o princípio que a rege, e que tem a ver com a minha colecção. Isto é, nela não se incluem imagens simples de personagens de BD, apenas têm cabimento bandas desenhadas auto-conclusivas numa prancha, ou mostras parciais de BD, quer seja em prancha ou tira, como é o caso da imagem que ilustra o presente "post".
 

De resto, nesta postagem estou a abarcar dois temas: "Postais com BD - A minha colecção" e "Centenário do nascimento de Hergé"

-----------------------------------------------------------
"Posts" anteriores da rubrica "Postais com BD - A m/ colecção"
(I) Junho 11 - Autor: Peter Kuper

"Posts" anteriores dedicados ao tema "Centenário do nascimento de Hergé"
(IV) Junho 13 - Tintim no fanzine Tertúlia BDzine
(III) Junho 12 - Tintin, herói de muitas Artes
(II) Junho 8 - BD Portuguesa em revistas não especializadas (XX) - Pedro Massano, José Carlos Fernandes, António Jorge Gonçalves
(I) Maio 22 - Hergé (1907-1989) - Centenário de Hergé

quarta-feira, junho 13, 2007

Tintim no fanzine Tertúlia BDzine - Centenário de Hergé (IV) - Tintin e Hergé (IV)

Prancha de episódio apócrifo de Tintim

Em 1999, perfaziam-se setenta anos após a criação da personagem Tintin, quando um editor que assinava ÉleGê (uma espécie de Hergé pronunciado por um chinês) editou treze episódios criados por autores portugueses. A maioria deles eram simples brincadeiras, mas houve um muito politizado, outro bastante erótico e ainda outro abertamente pornográfico.


A capa acima corresponde ao número do fanzine que incluía a prancha a cores, realizada por um autor-artista português cujas iniciais são P.S., prancha essa visionável no topo deste "post".
O número em apreço do dito zine foi editado em tiragem limitada e numerada, e apenas é oferecido aos bedéfilos "tertulianos" que estão a fazer a colecção integral do Tertúlia BDzine.

terça-feira, junho 12, 2007

Tintin, herói de muitas Artes - Centenário de Hergé (III) - Tintin e Hergé (III)

Cartaz anunciador da exposição Tintim por Tintim

Há, de facto, outras artes, além da Banda Desenhada, onde a figura da personagem Tintim tem sido aproveitada (Cinema, Pintura, Teatro). E bem assim alguns dos seus comparsas, com destaque para os Dupondt, Capitão Haddock, Professor Tournesol, Bianca Castafiore, sem esquecer o cão Milou.
É o que acontece na exposição de colagens digitais realizadas pelos jovens artistas Isabel Brison e João Santos, cujos aproveitamentos das figuras criadas por Hergé têm desconcertante imaginação, qualidade estética e grande originalidade de composição plástica.

A ver, sem falta, por todos os bedéfilos em geral, mas especialmente os tintinófilos - alô João Paulo Paiva Boléo, alô José Menezes - , que nem sabem o que perdem se não virem as imagens criadas pela dupla Brison & Santos, que demonstram talento e... apreciáveis conhecimentos de BD. Além de óbvio sentido de oportunidade, por terem aproveitado o momento em que tanto se tem falado do centenário do nascimento do genial Hergé, para recriarem as imagens Hergianas.A exposição está patente até ao dia 21 de Junho (apressem-se, eu diria mesmo mais, não percam tempo, apressem-se) na Galeria Loja d'Arte, na Rua das Pedras Negras, 17.

Se quiserem saber onde é, liguem para Patrícia Guerreiro - 917888424, ou vejam o "site" http://www.worknshop.com/
---------------------------------------------------
"Posts" anteriores relacionados, mesmo que indirectamente, com o centenário do nascimento de Hergé

(II) Junho 8 - BD Portuguesa em revistas não especializadas (XX) - Pedro Massano, José Carlos Fernandes, António Jorge Gonçalves
(I) Maio 22 - Hergé (1907-1989) - Centenário de Hergé

segunda-feira, junho 11, 2007

Postais com BD - A m/ colecção (I) - Autor:Peter Kuper

Prancha com imagens sequenciais da autoria de Peter Kuper, excerto da obra Kafka: Desiste e Outras Histórias
Dimensões do postal: 10x15cm

Tinha eu acabado de chegar de Moura, onde acabava de decorrer o Salão Internacional de Banda Desenhada. Este ano, como sabe quem visitou o blogue http://kuentro.weblog.com/, que deu bastante divulgação ao evento ("post" de Junho, 1), o "leit-motif" que percorria a maioria das imagens visionáveis era o gato, nem mais nem menos. E por mera coincidência, ao colocar mais um postal com bd na minha colecção, encontrei este que se pode ver no topo do "post", com reprodução de prancha em que surge um gato em grande plano.
Voltarei ao tema "Postais com BD - A minha colecção". Mais que não seja para encontrar uma "alma gémea" que tenha tido a mesma ideia de coleccionar postais com bandas desenhadas completas, auto-conclusivas numa só prancha, ou reproduções de pranchas de BD (e não, note-se, imagens de personagens de BD).


Verso do postal, onde se pode ver a chancela da Editora-Livraria Mundo Fantasma, sediada no Porto.

domingo, junho 10, 2007

Castelos na Banda Desenhada (XIX) - Fictício - Autor: Tanquerelle (desenho), Joann Sfar (argumento)

Bela imagem de castelo criada pelo desenhador Tanquerelle, sob argumento de Joann Sfar, para o episódio L'Irlande à bicyclette, pertencente à obra Professeur Bell
---------------------------------------------
"Post" remissivo
"Castelos na Banda Desenhada" é um tema já com existência neste blogue desde Novembro de 2005. Os dezoito "posts" anteriores podem ser visitados por bedéfilos e castelófilos, virtualmente, clicando no rodapé sob este texto.

sábado, junho 09, 2007

Banda Desenhada Portuguesa nos fanzines (XI) - Autores: Estrompa (desenho), José Lopes (argumento)

Prancha inicial (1 de 2) do episódio O Recado, com desenho de Estrompa e argumento de José Lopes

Há quem julgue que Estrompa é pseudónimo, mas não, o José João Amaral Estrompa é mesmo assim que se chama, há que preservar o apelido de família, que até tem piada (eu às vezes digo-lhe: lá estás tu a estrompfar :-), quando ele fala do "Tornado 1989", seu anti-herói de estimação, que actua preferencialmente no fanzine Shock.


Prancha 2 de 2 do episódio acima citado, onde termina, em estilo de humor negro, o episódio concebido por um excelente novo autor chamado José Lopes, ele também desenhador. De resto, Estrompa raramente recorre a argumentistas, ele próprio concebe a componente ficcional que finaliza em imagens sequenciais.
-------------------------------------------------
Do número mais recente do fanzine Shock pode ser vista a capa e outra imagem do Tornado 1989 (e uma bela acompanhante) no blogue
http://fanzinesdebandadesenhada.blogspot.com

-------------------------------------------------

Desta rubrica "BD Portuguesa nos fanzines" há mais "posts" nas seguintes datas:

(X) - Maio 21 - Autores: João Leal (desenho), André Oliveira (argumento)
(IX) - " 15 - Autor: Pedro Massano
(VIII) -Março 9 - Autor: Ferrand
(VII) - Jan. 6 - Autores: João Maio Pinto, Joana Figueiredo, Pedro Zamith, Filipe Abranches, André Lemos, J. Coelho, Pepedelrey, Chambel, Feitor & S.G.
2007 (daqui para cima)

(VI) Dez. 20 - Nuno Sarabando
(V) Nov. 24 - Autor: Paulo Monteiro
(IV) Nov. 12 - Autor: José Lopes
(III) Nov. 9 - Autores: Aires Melo (desenho), Daniel Maia (argumento)
(II) Nov. 1 - Autores: Rui Lacas, Pepedelrey, JCoelho, Pedro Nogueira, Renato Abreu
(I)Out. 14 - Autores: Pedro Figue (desenho), Daniel Maia (argumento)
2006 (daqui para cima)

sexta-feira, junho 08, 2007

Tintin por Pedro Massano, J.C.Fernandes e A.J.Gonçalves - Revista Visão - Centenário de Hergé (II)

Episódio "pastiche" a parodiar as personagens de Hergé, pela autoria de Pedro Massano
in revista Visão - nº 741 de 17 Maio 07

Passou-se pelo centenário do nascimento de Hergé e os artigos multiplicaram-se na blogosfera, nos jornais e algumas revistas, como foi o caso da circunspecta Visão, que dedicou doze páginas doze com extenso texto assinado por Ana Margarida de Carvalho (talvez, mas não necessariamente, uma tintinófila...) e complementado por bandas desenhadas-paródias realizadas por José Carlos Fernandes, António Jorge Gonçalves e Pedro Massano(*), um cartune por Luís Louro e uma ilustração de João Fazenda.

A prancha-homenagem concebida e concretizada por José Carlos Fernandes, no seu estilo inconfundível, tanto no traço como nos matizes recorrentes.
António Jorge Gonçalves deu a sua categorizada participação à homenagem através da prancha acima reproduzida.

Quer as bedês, quer o cartune e a ilustração foram reproduzidas ao formato de página inteira, o que significou uma invulgar homenagem ao falecido autor-artista Georges Prosper Remi Remi.

(*) Pedro Massano é reincidente, até agora o único, em fazer BD numa revista intitulada Visão... Claro que a anterior, com existência limitada a doze números editados entre Abril de 1975 e Maio de 1976, era totalmente dedicada à banda desenhada (ver entrevista com Massano no "post" de 2006, 31 Maio)
-------------------------------------------------
Neste blogue foi igualmente focada a efeméride de Hergé no "post" de Maio 22.

quarta-feira, junho 06, 2007

Manuela Torres, autora de BD - 1934-2007

Fotografia recente de Manuela Torres
(Foto cedida por sua filha, a designer
Sílvia Silva)

Prancha da banda desenhada Ciência ou Magia (incluída na obra colectiva Príncipe Valente no Século XXI) reproduzida no nº 2 do fanzine Efeméride.

Esta foi a derradeira obra de figuração narrativa realizada por Manuela Torres, autora de BD, pintora e professora, falecida às 6h da madugada de ontem, dia 5 de Junho, no Hospital I.P.O. de Lisboa.

Maria Manuela Esteves Costa Torres Pereira da Silva (Pereira da Silva é apelido marital), nasceu em Lisboa a 7 de Julho de 1934.
Iniciou-se, entre os dezasseis e dezassete anos, a fazer bandas desenhadas em Moçambique, na cidade de Lourenço Marques (actual Maputo) onde então vivia, para o jornal local Notícias da Tarde.
Alguns dos títulos dessas primeiras histórias, todas a preto e branco, de que era autora completa: "A Pequena Sereia", "A História da Princesa Varinnka" e "O Diabo Verde", publicadas em sistema de continuação, ao ritmo de uma prancha em cada número do jornal.
Regressou a Lisboa para cursar Pintura na Escola Superior de Belas Artes de Lisboa - ESBAL (actual Faculdade de Belas Artes de Lisboa, FBAUL), onde se licenciou.
Colaborou no suplemento Joaninha da revista Modas & Bordados, com a história "Os Cisnes Selvagens". Executou bandas desenhadas a cores e a preto e branco, nas revistas Fagulha e Girassol, para as quais também fez ilustrações para contos e realizou as capas.

Manuela Torres na época em que colaborava na revista Fagulha

Ilustração de Manuela Torres na capa da revista Fagulha (nº3, 15 Fev. 1958)

Na Fagulha ressalta "A Estreia de Gabriela" (1963) extensa bd a cores, sob argumento de Maria Isabel Mendonça Soares. Menos importantes embora, vale a pena citar "Bigodi, o Gatinho Sábio", "Teseu e o Labirinto" (aqui simplificando a assinatura, identificando-se apenas por Manuela) com legendas didascálicas, e "História Muda para Pensar", episódio sem palavras.
Mas é na revista Girassol onde se encontra a sua mais importante produção na BD. Entre 1960 e 1982 deparam-se-nos numerosas bandas desenhadas de sua autoria - argumento ou adaptação literária, e desenho. Eis uma lista, não total, onde alguns dos títulos dão clara ideia do tema.
Nos anos 1960: "A Caçada dos Gambuzines", "O Fantasma da Torre", "O Conde de Ourém", "A Estrela Polar", "A Peste", "O Rapto", "O Tesouro da Ilha", "LF-34-77 - Carro Roubado", "Trancinhas e Zé Carapinha".
No decurso da década de setenta: "Os Quatro Piratas", "O Príncipe da Sabedoria", "A Ânfora Romana", "A Grande Aventura", "José do Egipto".
Entre 1980 e 1982, já na 2ª série da revista, entre o nº 20 - Out. 1980 e o nº 38 - Jun. 82, é publicada a sua obra mais extensa, "O Eterno Retorno", que abrange quarenta e quatro pranchas (a cores), quantidade suficiente para ser editada em álbum, o que nunca aconteceu na sua longa carreira, embora a autora-artista tenha conservado sempre consigo todos os orginais.
Publicou no Almada BD Fanzine três episódios inéditos: "Avó Maria", "Sobreviver" e "Os Anos de África".
Ainda na BD, teve duas realizações recentes: a primeira destinou- se a um fanálbum editado em Dezembro de 2002, de homenagem a uma dupla da BD portuguesa que tinha sido publicada entre 1920 e 1922, intitulada na reaparição por "Novas 'fitas' de Juca e Zeca", com o episódio "Cavando...", em duas engraçadas tiras a preto e branco; a segunda foi no fanzine Efeméride, com o episódio "Ciência ou Magia?", na obra colectiva "Príncipe Valente no Século XXI", em que a talentosa artista se despediu da Banda Desenhada.
-----------------------------------------------------------
Nota: Apenas , hoje, dia 5, tive conhecimento, pelo viúvo Afonso Henriques Pereira da Silva, do falecimento de Manuela Torres, talentosa artista e excelente pessoa, sempre disponível para colaborar nas minhas iniciativas editoriais.
O corpo ficará na igreja da Boa-Hora.
Amanhã, 5ª feira, pelas 15h, será realizada missa naquela mesma igreja, indo em seguida para o cemitério do Alto de S.João (Lisboa).
6ª fª, pelas 8h, será efectuada a cremação.

terça-feira, junho 05, 2007

Tertúlia BD de Lisboa - 22º Aniversário

Emblema criado pelo Professor e designer Vítor da Silva

Encontro Especial do 22º Aniversário da Tertúlia BD de Lisboa.
Neste mês, para comemorar o aniversário da Associação Informal "Tertúlia BD de Lisboa", há o Encontro Especial, chamado "encontro vadio", por se efectuar sempre em restaurante diferente do habitual do resto do ano, ideia iniciada a partir de 1992.

Nos "encontros vadios" anteriores, a tertúlia efectuou-se nos seguintes restaurantes de Lisboa:
Quebra-Bilhas (1992 e 93), Tatu (94), João do Grão (95), Real Fábrica (96), Sesimbrense - Feira Popular (97), República (98), O Trigueirinho (99), Dois Mil (2000), Ti Lurdes (2001), A Valenciana (2002), O da Manecas - Parque Mayer (2003), O Manel - Parque Mayer (2004), Fragata - Rio Tejo, doca de Santos (2005, no 20º aniversário da TBDL), 5 Chaves (2006).

Como é da tradição, no encontro de aniversário da tertúlia não há Homenageado nem Convidado Especial.

Corta-se assim ao programa a 3ª parte da TBDL, que consta do momento-chave, a auto-apresentação do Homenageado ou Convidado Especial, seguida de questões colocadas pelos "tertulianos".
Mantêm-se as duas partes iniciais:
1. Jantar /entre as 20h e as 21h30 (sensivelmente)
2. Sorteio interactivo (*) de peças de Banda Desenhada, entre as 22h e as 22h45 (sensivelmente)

(*) Sorteio interactivo porque as peças para sortear são oferecidas pelos próprios participantes do sorteio, o que resulta numa troca de exemplares de publicações que, por vezes, constituem novidade para o premiado.

Lista de participantes confirmados para o encontro de aniversário da TBDL

1. Alan Voss - Autor de BD francês (na Metal Hurlant) e pintor, residente em Portugal
2. Álvaro - Autor de BD e cartunista
3. Ana Saúde - Bedéfila
4. António Isidro - Bedéfilo
5. António Sacchetti - Autor de BD e pintor
6. Baptista Mendes - Autor de BD
7. Bruno Emanuel Martins - Bedéfilo
8. Casimiro - Faneditor
9. Dâmaso Afonso - Autor de BD e jornalista "free-lancer" de BD
10. Dulce Ribeiro - Bedéfila
11. Falcato - Autor de BD
12. Fernando Andrade - Editor de revista de BD (Mosquito - 4ª série)
13. Fernando Martins - Bedéfilo
14. Fernando Wintermantel - Bedéfilo
15. Gastão Travado - Autor de BD
16. Geraldes Lino - Fundador da TBDL, editor de fanzines
17. Guilherme Mendes - Bedéfilo
18. Helder Jotta - Bedéfilo
19. Inês Ramos - Bedéfila e designer
20. Isabel Viçoso - Bedéfila
21. Joana Lafuente - Autora de BD "mangaka"
22. José Abrantes - Autor de BD e cartunista
23. José Lopes - Autor de BD
24. Luís Graça - Bedéfilo, escritor, poeta e jornalista
25. Luís Salvado - Bedéfilo e jornalista
26. Machado-Dias - Autor de BD (argumentista) e editor
27. M.A.L.S. - Jornalista e bedéfilo
28. Mascarenhas - Autor de BD
29. Miguel Ângelo Martins - Autor de BD (argumentista)
30. Miguel Sousa Ferreira - Bedéfilo, jornalista "free-lancer" de BD
31. Milhano - Bedéfilo
32. Moreno - Autor de BD
33. Nuno Duarte - Autor de BD (argumentista)
34. Paulo Araújo - Autor de BD
35. Paulo Marques - Autor de BD
36. Pedro Bouça - Bedéfilo
37. Raquel Santos - Bedéfila
38. Ricardo Leite - Autor de BD
39. Rui Domingues - Bedéfilo
40. Sá-Chaves - Autor de BD
41. Sandra Rosa - Bedéfila
42. Sandra Macedo - Bedéfila
43. Simões dos Santos - Autor de BD
44. Susana Nogueira- Bedéfila
45. Victor de Jesus - Bedéfilo
46. Zé Manel - Autor de BD, cartunista e vitralista

Nota: Lista actualizada após a realização da TBDL. Houve desistências de última hora, mas também houve "tertulianos" habituais que contactaram o organizador (este bloguista) interessados em participar no encontro de aniversário.

segunda-feira, junho 04, 2007

BD Portuguesa nos jornais (LXI) - Mundo Universitário - Autor: Esgar Acelerado

 
Prancha da banda desenhada O Taxidermista Existencialista, da autoria de um autor que usa o pseudónimo Esgar Acelerado, e que trabalhou durante alguns anos como argumentista para o desenhador Rui Ricardo no jornal Blitz------------------------------------------
"Post" remissivo
Outras bandas desenhadas podem ser vistas em postagens anteriores, nas datas abaixo indicadas:

Maio 31 - Algarvio
" 28 - Ricardo Cabral
" 14 - José Carlos Fernandes
" 12 - Filipe Andrade (desenho), Filipe Pina (argumento)
" 1 - Vasco Gargalo
Abril 24 - Zé Manel
" 18 - Arlindo Fagundes (arg. e desenho), José Pedro Costa (cor)
Março 30 - Pedro Nogueira
" 23 - José Lopes (M.U. nº 61)
" 16 - Zé Paulo (M.U. nº 60)
" 7 - Lam (M.U. nº 59)
" 1 - Ricardo Correia (desenho), André Oliveira (argumento), Ana Maria Baptista (colorido) (M.U. nº 58, 26Fev.)
Fev.12 - Pedro Zamith (M.U. nº 57, 12 Fev.)
" 7 - Nazaré Álvares (MU nº 56, 5 Fev.)
" 7 - Marco Mendes (MU nº 55, 29 Jan.)
Jan. 23 - Ângela Gouveia (MU nº 54, 22 Jan.)
" 16 - Filipe Goulão (MU nº 53, 15 Jan.)
2007 - (lista acima)

Dez.6- A.Rechena
Nov.28 - José Lopes
" 21 - Pedro Alves
" 14 - Nuno Saraiva
" 8 - Pedro Morais
Out.31 - Ricardo Ferrand
" 24 - Algarvio
" 17 - Ricardo Cabral
" 11 - Álvaro
" 5 - Pedro Massano
Set.27 - Derradé
" 24 - Nuno Saraiva
Ainda em 2006, mas após as "férias grandes" (entre 8Jun. e 24Set, lapso de tempo em que o MU não foi editado), a lista de colaboradores vê-se daqui para cima

Jun.8 - Estrompa
Maio 31 - António Valjean
" 24 - Pedro Nogueira
" 20 - Zé Manel
" 16 - Ricardo Cabral e Jorge Cabral
" 12 - Pepedelrey
" 4 - J.Mascarenhas
Abril 5 - Cheila
Março 29 - Pedro Manaças
" 20 - Júcifer (Joana Figueiredo)
" 15 - Pedro Nogueira
Fev.14 - A.Rechena
" 8 - Derradé
Jan.19 - Pedro Alves
2006 (lista acima)

Dez.12 - Álvaro
Nov.24 - Luís Valente
" 15 - Paulo Marques e Bruno SilvaOut.28 - Fritz
" 13 - Francisco Sousa Lobo
2005
(Lista acima. Neste ano houve mais autores publicados no MU, mas cujas pranchas não foram reproduzidas aqui no blogue)