quarta-feira, julho 02, 2008

Concurso de Banda Desenhada - Sem limite de idade para os concorrentes!




Para quem se sente com talento para a Banda Desenhada, mas que já entrou nos "entas" (donde já não se pode sair, hélas), depara-se-lhe com frequência essa odiosa limitação dos 30 ou, excepcionalmente, 35 anos de idade, contra o que, ainda há apenas dois "posts" antes, se insurgiam alguns visitantes deste blogue.
Ora aí está uma possibilidade, tão desejada, da inexistência de quaisquer barreiras desse género. Assim,
O CONCURSO DE BANDA DESENHADA MACA/DR. KARTOON ESTÁ ABERTO A TODAS AS PESSOAS, SEM ESPECIFICAÇÃO DE NACIONALIDADE OU LIMITE DE IDADE.
Outro aspecto penalizante é o de a maioria dos concursos ter tema obrigatório, em relação ao qual também houve muitas queixas nos comentários do meu anterior "post" relacionado com este assunto. Então, alegrem-se outra vez:
O TEMA DO CONCURSO É LIVRE!

(O único requisito obrigatório é o de fazer referência gráfica à cidade de COIMBRA).
Mãos à obra, então, ficam desafiados todos os interessados em tentar as suas possibilidades, o que poderão fazer até à
DATA LIMITE PARA ENTREGA DAS SUAS OBRAS: 8 DE AGOSTO DE 2008.
Mais pormenores:
- Cada concorrente pode enviar um máximo de 1 (uma) história original, inédita, até 4 pranchas (cada uma delas devidamente numerada e identificada no verso, com o nome, morada, e-mail e contacto telefónico).
- As bandas desenhadas podem ser apresentadas a cores ou a preto e branco, em qualquer técnica ou suporte, num formato A4 (210x297mm) ou A3 (297x420mm).

Nota: Os organizadores sugerem que as pranchas de BD sejam enviadas devidamente protegidas (com cartão rígido) e em correio registado, de modo a garantir a sua entrega à organização.
- As bandas desenhadas realizadas a computador devem ser enviadas em CD ou DVD no programa onde foram concebidos (Photoshop, por exemplo) e em formato mTIFF ou JPEG (numa resolução mínima de 300dpi).
- As obras concorrentes devem ser enviadas, conjuntamente com um pequeno currículo, uma fotocópia do B.I. e o número de Contribuinte do concorrente, até 8 de Agosto de 2008 (data do carimbo dos CTT), para o

MACA - MAGAZINE DE ARTES DE COIMBRA & AFINS
na seguinte morada:
Quinta do Rossaio, 8
3040-667 Coimbra
Portugal

E prémios?

Um deles consistirá na reprodução da banda desenhada vencedora no Nº3 do novel magazine MACA (edição de Setembro de 2008), uma publicação de elevada qualidade, o que configura prémio de prestígio público.

Mas ainda haverá um prémio pecuniário:
Um cheque-livro no valor de 50€

Dúvidas e sugestões podem ser enviadas por escrito para:
Concurso de Banda Desenhada MACA 1/2008 (na morada acima indicada)
ou através do endereço electrónico:
-----------------------------------------------------
Os visitantes deste blogue, autores-artistas de BD, de nome
André Reis
Luís Peres
Andreia Rechena
Bongop
que deixaram queixumes, no "post" relacionado com o concurso "Jovens Criativos"anunciado anteriormente, por causa da falta de tempo ou contra a impossibilidade criada pela limitação da idade para os concorrentes, têm agora nova possibilidade, sem qualquer dessas ditas cujas limitações.
Espero que aproveitem a oportunidade.

7 comentários:

Joba disse...

O Valor dos prémios: sem comentários...

Bongop disse...

eheheh boa, afinal chorar dá resultado!
Abraço

CD disse...

Afinal ainda há esperança! Eu a julgar que ao entrar nos 30 a tinha perdido. E o tema é livre! UAU!

Obrigado G. Lino!

Geraldes Lino disse...

Não tem nada que agradecer, cd (rom)? Ou nem por isso?

Anónimo disse...

O prémio vai limitar muito a concorrência dos pós 30. Normalmente, na casa dos 30 já há muitas contas para pagar, e perder tempo a investir num trabalho, (sim que uma bd mesmo de uma prancha dá mesmo muito trabalho) que renderá muito pouco, é pouco atrativo para valer realmente a pena. É pena que assim seja. Nada contra os organizadores, pois devem estar limitados de verba o que é o normal neste país. É por estas e por outras que a BD em Portugal é tão restrita.

Anónimo disse...

Embora eu perceba onde quer chegar, não concordo que seja perda de tempo. Estes concursos são uma boa forma de ganhar notoriedade; Não se espera que dali se venha a ganhar a vida. E por isso não acho que seja um investimento de tamanha amplitude.

cd (não rom!) =)

Anónimo disse...

Desde 2005 que estava há espera de um novo concurso de BD em Coimbra. È sempre bom para ajudar os novos talentos a serem divulgados. Dá muito trabalho, mas vale sempre a pena. Além de que, quem corre por gosto não cansa.