domingo, fevereiro 05, 2012

Tertúlia BD de Lisboa (331º Encontro)





Carla Rodrigues, Convidada Especial da Tertúlia BD de Lisboa, preencherá a componente de tertúlia propriamente dita, visto que se apresentará aos participantes, enquanto autora de banda desenhada, e proporcionará a possibilidade de lhe serem feitas perguntas sobre o que está a ser a sua ainda curta experiência na banda desenhada. E até haverá, como de costume, uma curta sessão de autógrafos.

Após a auto-apresentação de Carla Rodrigues, ser-lhe-á entregue o habitual Diploma de Incentivo, que é exactamente a finalidade dessa sessão, incentivar um(a) novel autor(a) de BD.

(A Convidada Especial da TBDL desloca-se propositadamente do Porto a Lisboa)

A ilustrar este "post" estão imagens das seguintes bandas desenhadas:
1 - Absurd Auditorium - Autoria: Carla Rodrigues (desenho), Martin A. Pérez (argumento)
2 - A Garagem de Kubrick - Autoria: Carla Rodrigues (desenho), J.B.Martins (argumento)
3 - O Colega de Quarto - Autoria: Carla Rodrigues (desenho e argumento, este baseado numa lenda urbana)
4 - Empregado Precisa-se - Autoria: Carla Rodrigues (desenho), J.B.Martins (argumento)
------------------------------------------------------------------

Carla Rodrigues
Autobiobibliografia

Nasci no Porto, em 1984.
Desde muito pequena que cultivo um enorme gosto pelo desenho, principalmente graças ao meu avô, antigo estudante de Belas Artes, que passava horas comigo a desenhar as mais variadas coisas. O gosto pela BD apareceu quase de mãos dadas, esse graças ao meu pai, que me apresentou a clássicos como o Tintin, Spirou ou Mafalda quando era ainda bem pequena.

Desenhei durante toda a infância e vida escolar, embora academicamente o meu percurso tenha sido outro. Na escola secundária, enveredei pela área de Ciências e acabei por estudar Biologia na Faculdade de Ciências da Universidade do Porto, tendo concluído o Mestrado em 2009.

Entre a exigência das aulas e outras azáfamas, a minha periodicidade com o desenho tinha vindo a perder-se um pouco. Para recuperar a forma, decidi em 2005, começar a aprender a fazer uso de ferramentas digitais para o desenho. Isso, juntamente com o ter-me juntado a uma comunidade de arte online bastante conhecida (o DeviantArt), fomentou de novo o desejo de explorar, de melhorar e de crescer com o desenho. Comecei a desenhar cada vez mais, o que me ajudou a melhorar o traço e a técnica de pintura.

Nesta altura, explorava essencialmente a ilustração, mas em 2009, e através de um contacto feito no Deviantart, surgiu a oportunidade de fazer a estreia no mundo dos fanzines, numa colaboração com André Oliveira para o Tertúlia BDZine (nº 136), com uma bd intitulada "Ninguém Segura a Múmia!".

Também em 2009, em parceria com J.B Martins, comecei a publicar o webcomic "A Garagem de Kubrick" no Cineblog, o blog de cinema de J.B. O webcomic é actualizado regularmente, geralmente de forma quinzenal. A sua plataforma principal é a internet, mas teve algumas páginas publicadas no fanzine Funzip #5, assim como na revista de cinema Total Film, que durante alguns meses foi a casa da "Garagem de Kubrick".

Em 2010, publiquei a BD "O Assassino do Martelo", com desenho e argumento de minha autoria, na Zona Negra, edição da Zona para a qual também fiz a capa. Fiz uma bd de 4 páginas intitulada "O Colega de Quarto" para o Venham + 5 (nº7), voltando a ser eu autora completa (argumento e desenho meus)

Mais uma vez em parceria com o meu amigo e argumentista J.B. Martins, desenhei a bd de 3 páginas "Empregado Precisa-se", para a Zona Negra 2, bd essa que foi distinguida em 2011 pelos IX Troféus Central Comics, com o prémio de Melhor Obra Curta. Ainda em 2010, fiz uma bd curta de uma página para a Zona Gráfica 1, com o título "Vampiros Através dos Tempos".

Em 2011, comecei com uma nova colaboração com J.B. Martins, numa bd de 4 páginas intitulada "O Meu Namorado", para a Zona Monstra. Colaborámos igualmente na bd "Os 3 Pastorinhos vs. o Diabo", publicado em Zona Gráfica 2.
No final de 2011, colaborei com Martin A. Pérez, um autor uruguaio na criação de uma curta de bd para a rubrica "MVT'S Absurd Auditorium", analisando o verdadeiro significado por trás de uma conhecida canção dos Police.

De momento, encontro-me a trabalhar em 3 bedês diferentes, ao mesmo tempo que continuo a fazer a "Garagem de Kubrick", que me dá muito prazer.

www.facebook.com/agaragemdekubrick
--------------------------------------------------------
Participantes (lista elaborada a posteriori)

1. Adelina Menaia;
2. Álvaro
3. Ana Saúde
4. André Oliveira
5. António Isidro
6. Bruno Ma
7. Carla Rodrigues
8. Cátia Alves
9. Cristina Amaral
10. Falcato
11. FIL
12. Geraldes Lino
13. Helder Jotta
14. Isabel Estanislau
15. Joana Andrade
16. João Amaral
17. João Figueiredo
18. João Luís Spínola Rodrigues
19. João Sequeira
20. Manuel Valente
21. Miguel Ferreira
22. Miguel Peres
23. Moeno
24. Nuno Amado "Bongop"
25. Nuno Duarte "Outro Nuno"
26. Nuno Neves "Verbal"
27. Paulo Marques
28. Pedro Bouça "Hunter"
29. Pedro Carvalho
30. Rui Rôlo
31. Simões dos Santos
32. Vasco Câmara Pestana
33. Vidazinha, Ana

A fim de ver os anteriores "posts" deste tema, bastará clicar sobre o item Tertúlia BD de Lisboa, visível no rodapé

Sem comentários: